Quais dados são relevantes em um podcast?

Agência de Podcast
Jul 25 · 5 min read

Desde quando o podcast começou a ganhar mais visibilidade e se profissionalizar cada vez mais, uma das preocupações dos produtores e dos podcasters é a respeito das estatísticas. Afinal, você quer extrair o máximo possível de dados e informações a respeito do teu programa para engrossar o caldo argumentativo ao negociar com uma marca, por exemplo.

A Apple, dentro do iTunes Connect, tem o Podcast Connect. Neste, contém algumas informações macro, como países que mais escutam, tempo médio por dispositivo, tempo total gasto ouvindo o podcast e etc. Porém, todos esses dados ainda são muito abrangentes, afinal, essa é uma ferramenta Beta, ainda que seja meio eterno, pois foi lançada há um bom tempo.

De todas as plataformas, a que mais avança é o Spotify, eles tem uma ferramenta para podcasters também em Beta, mas bem mais completa. Nela você pode ver as informações mais triviais, como plays, seguidores, mas também o gênero, idade e até alguns artistas que seu público escuta na plataforma.

Com os dados do Spotify você já consegue montar um mídia kit melhor pro teu podcast, pois trás as principais informações necessárias pra uma marca: alcance, relevância, gênero e idade.

Obviamente que ainda faltam dados mais detalhados, mas já é um grande avanço, comparando há um tempo atrás.

Só que em meio a dados, ferramentas e pesquisas, quais são as métricas mais importantes para se olhar?


RELEVÂNCIA

Acho que aqui mora uma grande questão, meio complicada de mensurar, mas importante. Se meu podcast tem apenas 100 plays por episódio e do meu coleguinha tem 40 mil, significa que o meu é menos relevante que o dele?

Ao meu ver não, pois tudo depende de como você está interpretando essa informação. Vamos exemplificar pra ficar mais claro essa linha de pensamento.

Supondo que o meu podcast fale apenas sobre a fruta do conde, os benefícios dela, aonde encontrar e fun facts. E sabendo que o universo de ouvintes deste tema é composto por 110 pessoas, significa que se, por episódio eu tenho 100 pessoas ouvindo, quer dizer que quase 91% do público que acompanha esse tema são meus ouvintes. Meu podcast é relevante demais, sou o Rei Roberto Carlos da Fruta do Conde.

Agora pegando o outro podcast que tem 40 mil, mas fala sobre cultura geral e este universo é composto por 1 milhão de pessoas, ele é muito menos relevante do que o da fruta.

Baseado nessa interpretação da relevância, é aonde mora o problema de olhar apenas downloads. E outro detalhe, o teu podcast pode ser um baita programa, com temas legais, mas você apenas está explorando ele de forma ineficaz. Pode estar comendo bola na divulgação, por exemplo.

O podcast é sua empresa, se você não comunicar de maneira clara, eficaz e para o público correto, você está gastando tempo a toa.


TEMPO MÉDIO DE CONSUMO

Com as informações que temos em mãos, um dado que pode ser interessante para entender a relevância, é o tempo que o usuário esta dispondo por episódio. O ideal é que o tempo médio seja próximo do tempo de duração total, pois mostra que ele está sendo relevante para teu público, não estão abandonando no minuto inicial.

E um detalhe legal, é que você sabe qual a única mídia que pode manter uma audiência engajada em 98% de um programa de 30 minutos?
A resposta é o podcast.

Não acredita? Toma:

Gente chata argumentando:
Ah, mas esses dados são dos EUA, aqui é muito diferente.

Segue então uma lâmina da pesquisa feita em 2018 pela ABPOD em parceria com a rádio CBN:


PODCAST CONTRA RAPA

Qualquer criança, ao menos da geração final anos 80 e início dos anos 90, deve ter falado ou ouvido falar: eu e fulano contra rapa. Essa expressão era utilizada no mercado do futebol amador de asfalto e/ou colégios, por garotos que achavam que jogavam bem e se unia a outro de qualidade similar, desafiando quem estivesse ao redor. Mas prepotências de lado vamos pra teoria.

Qualquer vídeo de 1 minuto de duração tem taxa de audiência bem menor do que um podcast de 30 minutos. Meio assustador, mas ponto pro time do áudio.

Pra você ter noção de como esse dado é real, um estudo da Wistia sobre a duração ideal dos vídeos:

A porcentagem de pessoas que assistem um vídeo até o final é infinitamente menor de quem escuta um podcast até o final.


Para encerrar, o áudio se mostra cada vez mais como uma ferramenta única. O mercado não para de crescer, as possibilidades são infinitas de produção de conteúdo e, o principal no ponto de vista mercadológico, os dados de engajamento mostram a força deste meio perante aos outros.

Cabe agora, a algumas marcas e agências, começarem a estudar essa mídia, pois é muito mais fácil comprar banner, promover post no Instagram, mas no final do dia, o que importa é a relevância do que você está produzindo, e não apenas um alcance, likes ou seguidores comprados.

#paz #podcast


Agência de Podcast

Written by

Ligamos marcas e agências aos podcasts mais legais e relevantes pra elas. | agenciadepodcast.com.br

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade