Sobre completar mais um ano de vida!

Não sei se todos que me conhecem sabem o quanto amo comemorar meu aniversário. Acredito muito que aniversário é uma data importante e sempre faco questão de comemorar.

Mas o dia de ontem foi um pouco diferente…tenho trabalhado muito e uma viagem de trabalho muito próxima me fez lamentar que não conseguiria comemorar com minha família e os amigos mais próximos.

Fiquei ontem tão feliz mas tão feliz que provavelmente o meu choque no momento não me deixou expressar (praticamente passei o dia sendo surpreendida).

Cresci e aprendi que não posso errar, não posso ser frágil, muito menos parecer frágil, preciso estar sempre certa, demonstrar qualquer fraqueza pode não ser bom. Nos últimos anos (principalmente na ONG), aprendi de diversas maneiras que é demostrando nossa fragilidade que nos conectamos, ninguém é perfeito e nem precisa ser…quem é família (entenda família como a de sangue e a que vamos construindo ao longo da vida), família mesmo sabe mais de você do que você imagina.

Ontem essa minha família me surpreendeu diversas vezes! Acordei com a melhor visita do mundo para o café da manhã, cheguei do trabalho e tinha várias coisas gostosas para comer e muitos abraços para ganhar, fui “ajudar a salvar um amigo” ou “ir por bar” e acabei sendo pega numa festa surpresa junto com uma outra amiga (Mi fomos pegas!!!)! Preciso confessar: NUNCA TIVE UMA FESTA SURPRESA assim!!! Sério vocês todos que ao longo do dia de ontem param para me desejar parabéns ou ajudaram a criar uma história mirabolante com polícia e tudo mais: MUITO MUITO OBRIGADA! Com certeza a vida não teria a menor graça sem vocês ❤❤❤

Ao ir dormir ontem uma música muito conhecida veio a minha mente. Chama Trem Bala da Ana Vilela.

É saber se sentir infinito
Num universo tão vasto e bonito, é saber sonhar
Então fazer valer a pena 
Cada verso daquele poema sobre acreditar

Não é sobre chegar no topo do mundo e saber que venceu
É sobre escalar e sentir que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo e também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo em todas as situações

A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso eu prefiro sorrisos 
E os presentes que a vida trouxe para perto de mim

Esse texto é a forma de agradecer novamente por terem feito eu me sentir tão infinita no dia do meu aniversário!

Vocês todos são incríveis!

E que venham muitas e mais muitas comemorações!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.