ERP para Transportadoras de Cargas

O Desafio de Escolher uma Plataforma de Software para Gerenciar uma Transportadora de Cargas

Escolher uma plataforma de software empresarial não é uma tarefa fácil e requer uma exaustiva pesquisa prévia. Softwares, de modo geral, estão se tornando cada vez mais simples. No entanto, ser simples não significa ser "simplista"; explico, a simplicidade está mais relacionada com a usabilidade do que com escassez de recursos.

A principal moeda das empresas do setor de transporte de cargas é o tempo. Para conseguir competitividade no mercado, estas empresas precisam se aliar à tecnologia investindo em plataformas que lhes garantam "ganhar" tempo. Para tanto, a utilização de um bom software de TMS (Transportation Management System) é condição de sucesso para estas empresas.

Um software de TMS deve atender, essencialmente, aos requisitos de agilidade e disponibilidade como premissas básicas. A usabilidade é fator crítico para alcançar o requisito de agilidade. O TMS deve fornecer, por exemplo, diversos recursos para emissão dos documentos fiscais, tais como entrada de notas por leitura ótica de código de barra, importação de arquivos XML e automação por EDI (Eletronic Data Interchange). O software também deve ser robusto e maduro para garantir a disponibilidade necessária em ambientes críticos, como o de uma transportadora de cargas. Neste quesito, o comprador deverá fazer uma seleção baseada na análise da empresa fornecedora do software. Desenvolver um software, em tese, é uma tarefa fácil; manter a plataforma, atender bem o cliente e amadurecer a solução já é uma tarefa mais difícil. Por isso mesmo o comprador deve ficar atento ao fornecedor antes de adquirir uma solução de TMS. O comprador deve, por exemplo, analisar há quanto tempo o fornecedor está no mercado, se a solução é bem aceita pelo clientes e usuários da plataforma, questionar sobre o suporte pós-venda, dentre outros cuidados.

Outro fator crítico de sucesso para escolha de um software para gerenciamento de uma transportadora é a flexibilidade da ferramenta. É sabido que o setor de transporte é dinâmico e que os embarcadores (proprietários das mercadorias a serem transportadas) são exigentes e criativos no que diz respeito às modalidades de negociação de frete. Portanto, o software deve atender às estas especificidades de mercado, possibilitando ao transportador gerenciar as expectativas dos clientes diretamente por meio da solução de software. Como exemplo de tais flexibilidades, pode-se citar a criação e manutenção de tabelas de preços diferenciadas por clientes, considerando diversas variáveis de negociação, ou o tratamento eficiente de ocorrências durante o transporte da mercadorias.

Está em dúvida sobre qual plataforma adquirir? Precisa de ajuda para escolher a melhor solução? Estamos prontos para te oferecer mais conhecimento para que sua escolha. Clique aqui e saiba mais. E boa sorte!