Empreendedorismo digital nos dias de hoje

Robin Williams morreu. Reassisti um filme dele que gosto bastante, “Sociedade dos Poetas Mortos”. Neste atual momento com Marketing de Conteúdo e Empreendedorismo Digital me fez vê-lo de forma diferente.

Eu gostava muito dele e fiquei mais triste pela forma como ele se foi. A depressão é a mais difícil das doenças e é contagiosa, maltrata tanto quem sofre dela. Quando alguém se vai, ainda mais de forma tão dolorosa, pensamos na nossa vida. Nós seremos lembrados pelo que fizemos? É claro que ser bom pai, bom filho, bom amigo, enfim ser uma pessoa que será sempre a preocupação principal.

O filme tem muitas mensagens, mas 2 são essenciais. Reveja o filme e diga se concorda comigo. E empreender digitalmente pode ser tanto alfabetizar uma pessoa como montar um negócio.

  • Desatrele empreender de ter sucesso. Sucesso é uma medida medíocre para algo tão valioso. Qual o valor de mudar uma vida, mesmo que apenas a sua? Sucesso é tornar um sonho em ação. O que vem depois disso é muito pequeno, desprezível em ordem de grandeza. Realização pessoal não se mede em moeda.
  • Viva a sua vida e sonhe o seu sonho. Sonhos terceirizados não trazem felicidade, nem quando se tornam realidade.

Vamos a algumas frases do filme, a maioria delas de grandes escritores e poetas da língua inglesa.

“Palavras e ideias podem mudar o mundo.”

Empreendedores digitais pensam e devem pensar que podem mudar o mundo. Suas ideias só valem a pena se se tornarem conteúdo de mudança, de inspiração.

“A raça humana está cheia de paixão.”

Paixão é mais que um sentimento, é o alimento da mudança, da ação. Se você é realmente apaixonado pelo que faz, você sempre servirá de modelo, pelo menos para outros apaixonados.

“Você está aqui e isso é importante. Exista!”

Disponha-se a viver, aqui, no sentido de empreender. Deixe sua marca. O empreendedor morre quando se torna um acomodado, mas ele é eterno se pelo menos uma vida for mudada pelo seu sonho.

“A vida, a poderosa peça, está aqui e você pode escrever um pequeno verso.”

A vida é uma obra inacabada, sempre é tempo de escrever a sua mensagem no livro da vida.

“Eu queria viver profundamente e sugar toda a essência da vida. Colocar para fora tudo que não fosse vida. Para que quando eu morresse não descobrisse que não vivi.”

Pouco a acrescentar aqui… Sonhe e viva. A ação é o grande conteúdo da vida.

Você pode até não conseguir, mas deve sempre tentar. Você só será lembrado pelo que fez, nunca pelo que deixou de fazer. E o que você faz transcende a vida.

Carpe Diem. Seize the day. Aproveite o dia.