Herança

Talvez o verdadeiro legado seja aquilo que você não propaga.

Maior que o medo de ser um péssimo humano é o medo de imputar meus defeitos à prole. Um filho, talvez, não precise ser reflexo de quem o cria. Ao contrário, poderia ser a desconstrução daquilo tudo que veio antes. Talvez seja essa a maior das oportunidades: nos desconstruirmos via criação e educação de outrem; e precisamos estar prontos pra isso. Pois a cada geração as coisas mudam. Afinal, o social é dinâmico. Sendo assim, para que tal empresa seja possível e tenha efeito positivo, antes é preciso que cada um de nós reconheça os próprios defeitos, algo muito difícil. Impossível para alguns.

A criação, mais do que educação, é reinvenção. De nós mesmos no outro, também parte de nós.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.