8 dicas para manutenção do seu carro

Você sabia que um carro de passeio tem em média 15 mil peças e pesa aproximadamente uma tonelada? Com base nesses números grandiosos é possível imaginar a complexidade de um automóvel. Cada uma das peças faz parte de uma engrenagem que precisa estar perfeita para você dirigir com segurança, conforto e economia de combustível. Por isso, prestar atenção na manutenção dos veículos é fundamental. Para te ajudar com os cuidados básicos, preparamos uma lista com dicas do que fazer para aumentar a vida útil do seu carro, sempre prestando atenção na questão da segurança. Confira a seguir:

1- De olho no manual

Há mais de mil tipos de veículos em circulação no Brasil, entre versões e modelos, e cada um deles tem suas particularidades. A primeira dica para fazer a manutenção correta é conhecer seu carro. Por isso, não tenha preguiça de folhear o manual e prestar atenção em itens como recomendações de tempo para troca de óleo, índice de calibragem dos pneus e quilometragem para realizar alinhamento e balanceamento. Tire o livrinho do porta-luvas e aprenda com ele como cuidar da forma correta do seu veículo!

2- Verifique o óleo

Seja naquela paradinha no posto de gasolina ou mesmo em casa antes de sair para o trabalho, é importante verificar o nível do óleo do motor. O processo é simples e deve ser feito em terreno plano ao menos uma vez por mês com ajuda da vareta que fica no compartimento dianteiro. Quando o nível estiver baixo, complete com mais óleo e fique de olho nas datas de troca.

3- Nível da água no radiador

Você também pode fazer essa checagem sozinho, mas apenas com o carro frio, antes de sair de casa ou depois de 40 minutos que ele estiver sem movimento. Se o nível de água estiver baixo, isso pode acarretar no aquecimento do carro e trazer altos prejuízos. Verifique o nível a cada 15 dias e complete com água, caso haja pouca diferença.

Quando estiver muito baixo, busque o aditivo indicado no manual para completar o recipiente.

4- Fluído de freio

Esse tem uma vida um pouco maior, mas mesmo assim é bom sempre estar de olho. O fluido de freio deve trocado no máximo a cada dois anos, ou conforme a quilometragem e recomendação da fabricante, já que ele pode evaporar com o calor dos freios e prejudicar o tempo de frenagem. A cada 5 mil quilômetros é importante olhar as pastilhas de freio e ficar atento a barulhos na hora da frenagem que podem revelar problemas. Uma paradinha na oficina de confiança ou mesmo nas revisões periódicas ajudam a evitar problemas.

5- Correia dentada

Você não precisa ser um mecânico, nem formado em engenharia para cuidar da manutenção do carro. Fique de olho na quilometragem do veículo e lembre-se que a cada 10 mil quilômetros você precisa checar as correias dentadas, para evitar o mau funcionamento de válvulas, cabeçote e pistões.

6- Velas e filtros

Esses, por outro lado, são outros componentes que precisam de ajuda de um mecânico para serem verificados.

Por isso marca aí no caderninho de fazer a revisão a cada 10 mil quilômetros.

7- Pneus

Este é um dos itens mais importantes para a manutenção dos veículos. É fácil saber quando precisamos trocar os pneus, porque só de olhar eles já nos dizem muita coisa. Os pneus ‘carecas’ já dão a dica, isso normalmente acontece a cada 50 mil quilômetros. Não se esqueça de fazer o rodízio, alinhamento e balanceamento a cada 10 mil quilômetros — isso ajuda a aumentar a vida útil dos pneus e a economizar. Ah, e aquela paradinha para a calibragem a cada 15 dias também é fundamental!

8- Luzes

A questão da iluminação é fundamental para garantir a segurança no trânsito. Lembre-se sempre de checar luzes de freio, faróis, lanternas e as próprias sinalizações internas do painel. Elas podem te ajudar a identificar problemas importantes, como necessidade de troca de óleo e problemas elétricos.

Agora, com essas dicas do Alelo Auto, lembre-se de ficar atento para garantir uma direção segura e sem sustos na conta da oficina. Aproveite para compartilhar essas dicas com seus amigos e familiares!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.