Descoberta inédita: Bermuda te faz menos inteligente. #SQN

Hoje eu tive uma surpresa no mínimo estranha. Normalmente eu costumo ir trabalhar na sexta-feira vestindo camiseta e bermuda — as vezes faço isso durante a semana, mas é bem mais comum nas sextas. E hoje, um dia quente, acordei e coloquei uma bermuda. Tinha uma reunião com um cliente a tarde, mas pensei comigo… em 2016, numa sexta-feira, num país tropical e segundo dia de primavera, não acho que teremos rejeições. Afinal, o fato de um cliente contratar os serviços da Bolt, e consequentemente os meus, significam que são pelas qualidades e principalmente pela inteligência envolvida e não pela roupa que estou vestindo.

Saio da Bolt com mais uma pessoa em direção ao escritório do cliente. Chegando lá, na portaria sou recebido por um porteiro usando um colete salva-vidas, um belo revolver PT380 bem no meio do peito.

Anunciamos nossos nomes e RG e ele anunciou no escritório. Foi quando ele resolveu dar uma olhada dentro do carro e falou com um tom de autoridade

Você não vai poder entrar. Aqui não pode entrar de bermuda.

Nos primeiros segundos eu assustei… mas no segundo anterior eu já sabia o que fazer. Imediatamente pedi que ele novamente anunciasse que estávamos indo embora, que diante daquela situação eu não pretendia mais atender o cliente.

Ele informou e demos meia volta. A reunião não aconteceu e nem vai acontecer…

Mas isto me faz pensar… a última vez que eu tinha ouvido algo deste tipo de negativa foi pelo menos há uns 10 anos atrás e na época já era um absurdo. Agora em 2016 isso realmente me mostrou que a burrice é invencível. E me fez pensar em um tema tão em pauta ultimamente. E eu fiquei pensando, se fosse uma bela de uma mulher, muito gostosa, com uma saia tão curta que mostrasse a dobrinha da bunda, muito provavelmente ela poderia subir e se reunir, mas um cara, com uma bermuda não. Sinceramente, gostaria de saber qual seria a sua atitude neste caso…

Like what you read? Give Alexandre Estanislau a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.