05 Reflexões Evolutivas para atingirmos novos estados de CONSCIÊNCIA

Já parou pra pensar que raramente paramos de pensar? Raramente conseguimos um momento de silêncio, de reflexão profunda sobre questões de conexão com a gente mesmo, de reflexão sobre aspectos do nosso ser. Muito falamos e pouco praticamos o olhar pra dentro, silêncio de nossa alma, estamos sempre ocupados com a nossa mente, no passado remoendo memórias, no futuro pensando como deveria ser ou, criando histórias em nossa cabeça pra nós mesmos com objetivo de justificar nossa procrastinação, nosso egoísmo, nosso orgulho, resumindo, pra acalmar o nosso Ego.

Muitos desses momentos eu já vivi e vivo até hoje, mas no meio desse emaranhado todo de “pirações” da nossa mente, consegui sair um pouco dessa rotina pensante e acessei novos estados de conexão através de algumas reflexões que me trouxeram pra presença, pro aqui e agora, pro meu corpo e pra minha consciência. Essas reflexões me ajudaram a enfrentar estados emocionais caóticos e sombrios, fizeram me reconectar com aquilo que precisava para compreender o que passei, falecimento da minha mãe, nascimento da minha filha, transição de carreira e de estado, tudo ao mesmo tempo.

Não trata-se de milagre e/ou receita de bolo, são apenas estados de plena conexão com a gente mesmo e com o que vibra dentro de cada um de nós.

Todos nós podemos atingir novos estados de consciência, basta nos percebermos e conectarmos com a centelha divina que já somos; existem alguns caminhos para isso, na minha trajetória evolutiva vivenciei alguns caminhos, meditação, xamanismo, espiritualidade, mas o que ficou e vem ficando cada dia mais claro e de acesso prazeroso, são as reflexões evolutivas das quais vivencie todas elas, com muita conexão e amor.

São estados de profunda harmonia e de pertencimento, estados de euforia e de conexão direta com a fonte criadora, estados de puro prazer de nossa existência. São esses estados através das Reflexões Evolutivas que irei falar, são elas:

01-REFLEXÃO EVOLUTIVA:

SE APAIXONE PERDIDAMENTE POR TI MESMO

“Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida”. (Oscar Wilde)

Aqui vou tentar expor de uma forma pratica que nos levará direto ao ponto e sem muito clichê, e nada contra os clichês, até gosto de alguns também, mas neste caso irei transitar em um nível mais profundo, no nível das descobertas reais e sensações.

Apaixonar-se por si mesmo, amar quem já somos; nada disso precisa de iniciação ou criação. Nós já somos o verdadeiro AMOR em movimento. O Amor é intrínseco à nossa natureza, nada mais é que a substância criadora do nosso SER.

Exatamente isso. Não precisamos começar a nos amar. O que precisamos é IDENTIFICAR o amor por nós mesmos, o amor não se inicia, ele simplesmente está em nós.
SIMPLESMENTE O AMOR É. NÓS SOMOS TAMBÉM, PORTANTO NÓS SOMOS O AMOR.

Agora ficou bem mais fácil, pois já compreendemos que somos AMOR em movimento, precisamos apenas identificar onde é que está dentro de nós o amor por nós mesmos. Fazendo isso, estaremos perdidamente apaixonados por nós, pela nossa essência.

Essa será a nossa Reflexão, IDENTIFICAR onde está dentro de nós o amor/paixão por nós mesmos. A cada camada que descobrirmos de nós mesmos, pare por uns minutos e faça uma reflexão sobre o que descobriu nesta camada, perdoe e ame cada coisa nova que descobriu nesta camada; prossiga com as descobertas e assim sucessivamente para cada camada desbravada

Este é um dos portais reflexivos mais puro e verdadeiro para acessarmos novos estados de consciência através da identificação do amor por nós mesmos. Ao identificarmos e vivenciarmos o amor por nós mesmos, estaremos o amor pelo mundo o AMOR UNIVERSAL.

02-REFLEXÃO EVOLUTIVA:

SE DOAR AO PRÓXIMO.

“SE DOAR AO PRÓXIMO É A PURA E REAL AJUDA QUE TANTO ESTAMOS PRECISANDO, AO NOS DOARMOS CURAMOS NOSSAS FERIDAS, POIS O PRÓXIMO SOMOS NÓS.” (ALEXANDRE CARDOSO)

Antes de nos doarmos ao próximo temos que ter recebido todas as doações de nós pra nós mesmos, só assim esse ato será genuíno.

Ao abrirmos o nosso coração para se entregar e doar o que temos de melhor ao nosso próximo, o que estamos fazendo na real é abrir o nosso coração para nós mesmos, a gente se abre através do coração para doar, só que no fundo quem recebe muito mais neste ato de doação é o nosso próprio ser, pois a fonte que doa amor (que é o nosso coração) é a mesma fonte que recebe, que é a nossa essência.

Explicando por um outro viés, o ato de doação é praticado por nós, mas o que realmente acontece dentro de quem pratica esse ato é muito mais intenso, não é de doação, mas sim, de COMPLETUDE de amor, de uma fonte inesgotável de pureza e amor que é o nosso coração; para a mesma fonte, só que vista por um nível transcendente que é a nossa própria essência quem recebe.

A nossa alma sendo curada através do nosso ato de doação, das nossas próprias feridas.

Eu já me doei tudo que precisava me doar? Irei me doar ao próximo com a mesma verdade e intensão da qual eu me doei?

Aqui, parece ser muito simples agirmos para colocarmos em prática a reflexão da doação ao próximo. Porém não podemos entrar no estado de mecanicidade, fazer pelo EGO, para parecermos bonzinhos, para as pessoas falarem que somos bonitinhos. O que irá diferenciar a alteração será o nosso estado interno.

Teremos que estar inteiros e saciados das doações feitas por nós mesmos, para, então, realizarmos a doação ao próximo de forma verdadeira, límpida e nutrida pela mesma fonte criadora que nutriu a doação que nós nos doamos.

Portal de completude e de acesso a novos estados de consciência, ao nos doarmos ao próximo, estamos nos doando para o mundo, e o mundo com suas infinitas recompensas nos alimenta interminavelmente com a nossa própria doação.

03- REFLEXÃO EVOLUTIVA:

VIVENCIAR ESTADOS DE GRATIDÃO.

Quando seu coração está pleno de gratidão, qualquer porta aparentemente fechada pode ser uma abertura para uma bênção maior.(Osho)

Ao agradecermos de forma verdadeira e essencial atingimos um nível experiencial mais sensitivo, um nível de conexão com aquilo que não vemos, com aquilo que muitas vezes não entendemos, mas ao sentir essa conexão, de que estamos amparados, que estamos ligados há alguma coisa, mas não sabemos o que é exatamente.

Nos traz um estado de paz, alma leve e confiança, mesmo que não enxerguemos e/ou entendemos, a gratidão nos traz confiança na vida, nos traz de volta a conexão com a gente mesmo, emergindo lá do fundo da nossa alma, como se já fossemos este estado por excelência.

Mas quem disse que não somos?

O estado de gratidão vem pra nos dizer que somos da mesma fonte de onde tudo surgiu.
A Gratidão energeticamente se relaciona com tudo em que vivemos, ao agradecermos entramos na frequência dessa vibração cósmica e também passamos a nos relacionarmos e sermos o TUDO também.
É uma liberação de energia da qual tudo o que liberarmos energeticamente no estado de gratidão, receberemos em troca com absurda rapidez e perfeição.

Eu agradeço o suficiente? de acordo com o que tenho e possuo?

O que emergiu do fundo da minha alma quando entrei no estado de gratidão?

Podemos sim sair agradecendo tudo e todos por tudo que vivenciamos e por tudo que possuímos, será lindo e nos dará muitas sensações de confiança, de amor e resgate de quem somos.

Podemos também ir para um nível mais profundo, agradecer de fato quando entrarmos e sentirmos a gratidão em nosso corpo, quando esse estado começar a emanar ondas eletromagnéticas e vibrar através de nossas células, coração e alma todo o poder que produzimos ao vivenciarmos a gratidão, assim acessaremos novos estados de consciência na prática, no aqui e agora.

04- REFLEXÃO EVOLUTIVA:

IDENTIFICAR UM MOMENTO GENUÍNO DE INTUIÇÃO E AGIR.

“Não existe nenhum caminho lógico para a descoberta das leis do Universo — o único caminho é a intuição”(Albert Einstein)

A intuição nada mais é que uma VOZ… percebam isso.

E agora vocês estão ai perguntando; — É aquela que a gente ouve na mente, no fundinho do ouvido????

NÃO…..

A Intuição é a voz da alma advinda do campo cósmico que ressoa em nosso coração, quando ela se comunica com a gente não escutamos absolutamente nada, apenas sentimos suas mensagens tocarem nosso coração com leveza e serenidade.

Sentimos com o coração, quando estamos conectados com a nossa parte que é pura luz acessamos nossos sentidos mais sutis, e um deles é essa habilidade de ouvir a nossa alma através do nosso coração.

Algumas vezes junto com a intuição sentimos como se alguém estivesse nos cutucando levemente o nosso peito, nos chamando a atenção para que ouçamos que o Universo tem pra nos dizer.

É uma das comunicações mais diretas e verdadeiras que temos com o Universo, ele fala conosco através de muitas outras maneiras, mas a intuição é a mais forte, é a mais real, justamente por estarmos sentindo dentro de nós tudo aquilo que procuramos fora, por emergir de nós mesmos um pedacinho do que somos, um pedacinho do próprio Universo.

A intuição não transita no campo da mente e não podemos racionalizá-la, ela é direta, curta e objetiva, porém com um poder absurdo de sensações e segurança. Ao seguirmos nossa intuição ativamos a segurança de sermos quem somos e elevamos a nossa consciência para um nível mais elevado de lucidez e completude da nossa UNIDADE.

Lembrem-se de que nós somos parte dele e ele é parte de nós.

Essa será a nossa Reflexão;

Eu sigo minha intuição toda vez que sinto que é ela? o que me faz agir assim? Eu consigo reconhecer minha intuição como sinal do universo? consigo diferenciar da mente? Estou disposto a acreditar e agir quando a minha intuição “falar”?

O grande lance é não confundirmos a intuição com o campo mental, já sabemos como a intuição agi em nós. A mente muitas vezes agirá com racionalidade, com sentimentos e emoções, e isso não é intuição, portanto antes de agirmos, teremos que saber e ter consciência plena da intuição manifestando em nosso coração.

Ao passo que formos entendendo e agindo de acordo com a nossa intuição, ficará mais fluido e fácil cada ação, mas primeiro, temos que nos desbloquear para essa comunicação e nos conectarmos com tudo aquilo que faz nossa alma gritar e coração pulsar.

Quando isso acontecer, quando a intuição clarear com frequência em nosso ser, acessaremos a partir dessa sensação novos estados de consciência, como se fosse um fio condutor onde não há separação, mas sim clareza e aprofundamento da intuição à um novo estado de consciência.

05- REFLEXÃO EVOLUTIVA:

APENAS SEJA VOCÊ DE VERDADE.

Seja você mesmo, porque ou somos nós mesmos, ou não somos coisa nenhuma.(Monteiro Lobato)

Pois bem, quem sou eu pra dizer que você precisa ser você de verdade, meu papel aqui não é esse, meu papel é te colocar em um estado de reflexão para você mesmo se identificar como Ser verdadeiro e viver com toda a sinceridade do seu coração esse Ser que já és.

Ou seja, antes de ser quem já somos temos que descobrir quem somos.

Não há nada mais belo e prazeroso do que ser nós mesmos com toda a nossa vontade e verdade, ser nós mesmos nos conecta com o prazer que é estar vivo, nos conecta com o sentimento de graça e louvor do Universo, viver a nossa verdade e colocando ela no mundo estamos praticando o propósito inicial de nossa existência, e isso pode ser a grande chave de uma vida de luz, prospera e amorosa.

É exatamente essa vida que está disponível pra todos nós aqui neste momento, temos apenas que ser nós mesmos e deixar o fluxo perfeito da vida agir.
Somente assim seremos agraciados pelas bênçãos da vida, sendo e vivendo a verdade da nossa alma, vivendo o ser divino que já somos, a nossa essência pura de amor e luz.

Consigo parar de pensar sobre os julgamentos dos outros com relação a mim? Já integrei e aceitei as características do meu ser, sejam elas físicas ou emocionais? Eu tenho coragem de ser quem já sou? estou disposto a pagar esse preço?

Ao nos escondermos de nós mesmos, tiramos a capacidade do nosso Ser de agir com naturalidade, tiramos a confiança da nossa essência de ser quem ela já é. Assim perdemos a oportunidade de virarmos a chave e sair das amarras do EGO acessar novos estados de consciência.

Ser a gente mesmo é o grande passo para entrarmos no portal da consciência, onde nos familiarizaremos com tudo que já é, com tudo que já está disponível, basta sermos e entrarmos; com isso um novo estado de consciência emergi do nosso ser.

Requer coragem acessarmos esses novos estados, pois muitas vezes teremos que nos aprofundar nas camadas obscuras do nosso ser e, ao aprofundarmos podemos nos deparar com nossos bichos, mas são todos nossos de mais ninguém, portanto não precisamos ficar com medo, apenas olharmos pra eles, aceitarmos e amarmos, após isso eles se dissolvem e libera o portal para acessarmos genuinamente novos estados.

Cada camada que descobrirmos de nós mesmos, pare por uns minutos e faça uma reflexão sobre o que descobriu nesta camada, perdoe e ame cada coisa nova que descobriu nesta camada.

Colocarmos consciência nas reflexões já é o grande passo para atingirmos os estados que antecedem a abertura do portal para “novos estados” de consciência; atingiremos estados diferenciados de nós mesmos, de quem somos, como somos e o que podemos fazer.

Todos nós possuímos um dos maiores atributos de poder que existe no mundo.

Ao apropriarmos de nós mesmos, veremos que nós mesmos somos o próprio poder.

Boa reflexão…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.