Teoria U — Construindo o futuro que emerge

https://www.youtube.com/watch?v=Be7NYQE8VXk

ent →

Porque geramos coletivamente resultados que individualmente ninguém quer? Esta é a pergunta que Otto Scharmer procura responder quando nos apresenta a Teoria U, criada em 2006 no MIT.

Para Otto, vivemos em uma época em que muitas coisas não funcionam mais de forma adequada ao mesmo tempo em que muitas outras querem emergir. Líderes não nascem a todo momento e nem sempre concluem suas obras em vida o que nos torna a cada dia mais responsáveis pela criação do futuro que desejamos.

Seu método, a Teoria U, no leva a uma jornada que pretende auxiliar no processo de identificação do futuro que deseja emergir e como cria-lo alinhados à nossa essência e com uma visão de futuro que inclui todos os envolvidos, de maneira sistêmica e orgânica.

Muito diferente dos métodos tradicionais, a jornada contempla reflexão, vivência e práticas que nos leva a criar cenários e soluções que dificilmente alcançaríamos pelos métodos tradicionais. São alternativas que tendem a conciliar as necessidades das partes interessadas de maneira paritária e permitem reduzir as externalidades tão esquecidas nos tradicionais métodos de gerenciamento de projetos ou filosofias de gestão adotadas pelas organizações. Segundo Otto, trata-se de encontrar o “ponto cego”, ou seja, o lugar interno no qual operamos e que contém nossos desejos e necessidades.

Destaca-se também a premissa de que a qualidade das intervenções que fazemos depende diretamente da qualidade e capacidade dos interventores para encontrar os pontos relevantes e mobilizar as pessoas em torno das causas. Sua execução propõe o uso de habilidades que comumente não somos incentivados a desenvolver, como: observação sem julgamento, a escuta ativa e a capacidade de sentir as sensações que nos rodeiam entre outras. Um dos motivos pelo qual a prática da teoria U mostra-se um excelente método para desenvolvimento de líderes e gestores e vem sendo adotado por consultores, educadores e facilitadores em suas atividades profissionais.

Esta nova forma de pensar tem tido muita aceitação e vem sendo amplamente adotado por indivíduos, negócios e organizações que desejam contribuir com a criação de um futuro. Os Ulabs levam a teoria U a mais indivíduos a cada dia e toirnam crescentes o número de projetos criados sob esta filosofia. Trata-se de um verdadeiro exército do bem composto por indivíduos preocupados e engajados em liderar a criação de um futuro melhor.

Vamos juntos conduzir nossa sociedade ao futuro que emerge?

Saiba mais em: https://www.presencing.com/

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.