Você não precisar ser designer para entregar uma boa experiência ao usuário

Não é necessário que o seu cargo seja Designer, UX Designer ou Arquiteto de informação para contribuir na experiência do usuário. Se você é apaixonado em fazer a diferença para seus usuários e têm habilidades para isso, então é realmente disso que você precisa para entregar uma boa experiência de uso do produto. Basta decidir por si mesmo que é isto que você quer fazer, independente do título que você tem em sua organização.


Esqueça o seu título

“Liderança não é posição, mas sim entusiasmo. Não é mais sobre imagem, mas sim impacto” - Robin Sharma

Se parece um desafio começar a fazer algo diferente em seu serviço, particularmente, é bem provável que você começou tentando fazer uma revolução e na semana seguinte desistiu ou tem medo de se aventurar no desconhecido. Mas a realidade é que, uma vez que você começar a agir como um profissional de UX, com pequenos passos, no seu grupo ou organização em uma base regular, seu gerente, seus colegas e outras pessoas que estão interessadas na experiência do usuário irão notar o valor que você está oferecendo, e eles serão mais do que felizes trabalhando com você, quando você traz assuntos de usabilidade a frente, como parte do seu dia-a-dia.


Aceite toda ajuda possível

“Se vi mais longe foi por estar de pé sobre ombros de gigantes” - Isaac Newton

Se usabilidade não é a prioridade em sua organização. Não espere por alguém perguntar: “Você está interessando em assumir o papel de profissional UX?” Talvez você tenha que esperar muito tempo para isso acontecer.

Procure em volta e veja se alguém em sua equipe ou em outro grupo que está interessado em usabilidade, user experience e em criar o melhor produto possível para os usuários. Você será bem sucedido como profissional UX apenas quando você conseguir efetuar mudanças na experiência do usuário e alta prioridade em usabilidade. Então vá em frente e peça ajuda para alcançar seu objetivos.

Continue lendo a parte dois deste post.