O contraventor do supermercado.

Foto dos cafundós da Internet.

– Vem sempre aqui?

– Oi?

– Tu vem sempre aqui?

– É um supermercado!

– Eu sei.

– Então… Claro que eu venho sempre aqui. Sempre que falta comida em casa, pelo menos.

– Eu acho um saco ficar esperando na fila.

– Hm.

– Gorgonzola?

– O quê?

– Tu comprou queijo gorgonzola.

– Sim.

– Alguma ocasião especial?

– Não. É só pra mim mesmo.

– Que legal.

– O quê?

– Comprar queijo gorgonzola pra ti mesmo.

– Que que tem de mais?

– Ué. É gostoso. E é só pra ti.

– Hm.

Silêncio.

– Olha só a mulher que tá passando no caixa.

– Que que tem?

– Tá com mais de dez itens.

– Sacrilégio.

– Acho um desrespeito essa gente que vem pra fila com mais de dez itens.

– Pera aí. Tu também tem mais de dez itens.

– Não tenho não.

– Olha só. Um, dois, três, quatro, cinco, seis sete oito nove dez onze, doze, treze.

– Tu contou errado, tchê.

– Eu sei contar até treze.

– Mas tu contou cada uma das minhas Buds como se fossem vários itens. Todo o mundo sabe que seis Buds valem como um item.

– Nah nah nah! Se elas estivessem em um pacote de seis, eu concordaria, mas elas estão separadas. Se estão separadas, cada uma é um item.

– Que diferença faz estarem em um pacote ou separadas?

– Separadas a moça do caixa tem que passar uma de cada vez, ué.

– Mas não custa nada.

– Claro que custa.

– Custa nada.

– Custa sim.

Silêncio.

– Falando na moça do caixa…

– Que que tem?

– É feia que vou te contar, né?

– Nem vi.

– Olha.

– Jesus!

– O que é aquela cara?

– Coitadinha.

– Será que é aquela doença… como é o nome?

– Qual?

– Aquela! Da vacina…

– Jura, meu! A varíola foi erradicada faz décadas. Ela nem era nascida ainda quando teve o último caso.

– E se ela for estrangeira?

– Ela não tem cara de estrangeira.

– Ela tem cara de varíola.

Silêncio.

– Activia, é?

– Eu gosto, e daí?

– Não falei nada.

– Tu perguntou “Actívia, é?” nesse tom de que eu sou constipado.

– Tu não quer falar da tua constipação comigo, quer?

– Não. Até porque eu não sou constipado.

Silêncio.

– Meu intestino funciona tri bem.

Silêncio.

– É um reloginho!

Silêncio.

– Eu não me lembro a última vez que…

– Já entendi!

– Ótimo.

– Eu só ia comentar que Actívia de aveia fica tri gostoso com morango e amora.

– Valeu, vou experimentar.

– Quando?

– Um dia.

– Hoje?

– Não tenho morangos e amoras.

– Estamos no supermercado. É só comprar.

– Agora eu já estou na fila.

– Vai lá rapidão. Eu guardo teu lugar. A desfigurada tá demorando pra passar as compras.

– Isso foi muita maldade.

– Desde quando guardar lugar na fila do supermercado é maldade?

– Não! Guardar lugar não é maldade. Maldade é chamar a moça do caixa de desfigurada.

– Mimimimimi. Não posso levar seis Buds, não posso chamar a moça do caixa de desfigurada, não posso falar do iogurte Activia de aveia com amoras e morangos… Mais alguma coisa que eu não possa fazer?

– Ah não! Agora me revoltei!

– Era brincadeira, viu?

– Não! Não contigo! Esse caixa vai fechar!

– Como assim?

– Olha!! A deformada colocou a plaquinha ali no fim da esteira, depois das compras da mulher que tá lá na frente.

– Ihhhh. Já me aconteceu isso antes nesse supermercado. Nem adianta discutir. Melhor procurar outro caixa logo. E não pode chamar ela de deformada, lembra?

– Se tu pode chamar de desfigurada, eu posso chamar de deformada, especialmente depois dela fechar o caixa quase na minha cara.

– Que, por sinal, não é nada desfigurada.

– Obrigado.

– De nada.

– E agora?

– Vamos lá buscar as amoras e os morangos, né?

– É o jeito.

– E na volta, por favor, usa o caixa para mais de dez itens.

– Mas são só seis Buds! Elas podiam estar numa embalagem fechada!

– Mas elas não estão.

– Eu troco então pela embalagem fechada.

– Seria a coisa certa a fazer.

– Desse jeito eu até me sinto um contraventor.

– O contraventor do supermercado!

– Humpf.

Written by

Pajé, cozinheiro, nadador, atilado, alfabetizado, conselheiro, plantador de oliveiras, catador de frutas, comilão, naturista, traficante, barbudo e cabeludo.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade