TEDxSP: O que o Brasil tem a oferecer ao mundo?

Neste fim de semana eu participei do TEDx São Paulo, evento filho do famoso TED Conference, que já contou com a presença do Al Gore, Jill Bolte Taylor, Ken Robinson, Chris Anderson, Jeff Bezos e várias outras pessoas geniais.

Em termos de conhecimento, TEDx SP foi a melhor experiência que eu já vivi.

Foram mais de 12 horas de palestras, com gente de diversas áreas. Todos com o intuito de responder uma só pergunta:

O que o Brasil tem a oferecer ao mundo agora?

A palestra do João Mognon foi a mais provocativa em relação a essa pergunta, porque ele iniciou deixando claro que o Brasil só tem 2 opções e para isso citou:

“Há um certo momento na trajetória de uma nação que ela se considera escolhida. Aí, ela dá o melhor ou o pior de si”
Emil Cioran

Em seguida, Cavalcanti colocou o Brasil lado a lado com os outros países emergentes (BRIC), cada um com seu destaque, sem definir o nosso.

  • Brasil: ?
  • Rússia: Pragmatismo
  • Índia: Capital intelectual
  • China: Mão-de-obra

A resposta brasileira ficou no ar de propósito, mas a Fabíola Amorim, já fez um excelente trabalho e consolidou tudo que foi falado no próprio TEDxSP, o que na minha opinião legitima o resultado final.

TEDx São Paulo — Infográfico

Particularmente, era exatamente isso que eu tinha em mente.

O Denis Russo, em sua palestra, disse que o motor da criatividade dos brasileiros é a grande quantidade de problemas que temos para resolver, porque a inovação é necessariamente responsável por trazer soluções (criativas).

Um exemplo, mais popular, é o fato de que os principais humoristas do Brasil, como Chico Anysio, Tom Cavalcante e Renato Aragão são do Ceará. Segundo eles mesmos, isso acontece porque o cearense aprendeu a rir da própria desgraça (seca, por exemplo), ao invés de ficar lamentando a vida que tem.

Já li artigos de revistas do exterior rasgando elogios aos economistas brasileiros, que ficaram muito bem vistos no mercado, pelo fato do Brasil já ter passado por diversos planos econômicos em sua recente história.

Temos a oportunidade de fazer algo proveitoso com o famoso “jeitinho brasileiro”, gerando soluções ganha-ganha para todos.

Post originalmente publicado no meu antigo blog, em Novembro/2009.

Like what you read? Give Alex Frachetta a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.