O outro lado da receita.

Comida. Refeição. Alimento. Chame do que quiser, contanto que seja bom. Para nós, seres humanos, a comida é especial. Diferente do restante dos animais, nos alimentamos também por prazer, pelo simples fato de comer algo que satisfaça os nossos sentidos. Tem um sentido especial, gostoso.

Porém, em um mundo tão corrido como o atual, será que você presta atenção em outros detalhes além do sabor? Vamos fazer um rápido exercício… o almoço.

Para quem trabalha fora, só existem três opções: pedir comida, ir comer em algum lugar ou levar o almoço. E é exatamente sobre isso que eu quero conversar com você: a marmita nossa de cada dia.

Diante de um cenário onde sempre estamos economizando, cada vez mais pessoas estão vendo na marmita como uma interessante saída. Afinal, mais do que o alívio no bolso, é uma excelente oportunidade de melhorar e manter hábitos alimentares mais saudáveis, e evitar cair na tentação de comer aquele x-tudão na hora do almoço. Ah, e claro: ainda tem aquele gostinho de comida caseira que todo brasileiro gosta.

Comida Caseira

A marmita é boa para o corpo e, principalmente para o bolso. Ótimo. Mas, aí vem uma outra questão: você sabe como preparar a sua marmita?

A grande maioria dos “marmiteiros” não sabem a forma correta de preparar, resfriar e armazenar comida pronta. “Ahhhh, é só jogar na tupperware, colocar na geladeira e…” Não, não é só isso. E se você pensa dessa forma, saiba que tá na hora de mudar. Mas, calma, pode deixar o livro de receitas aí no canto que temos muito o que conversar.

Planejamento de marmita

Pode parecer engraçado, mas a marmita tem que ser planejada. Sim, PLANEJADA. Nada de colocar todo o resto de comida numa vasilha e achar que está tudo certo, ok? É fundamental preparar, organizar e saber como armazenar seu marmitex — dessa forma, você vai evitar desperdícios de comida, aumentar a durabilidade dos alimentos e diminuir as chances de contrair doenças causadas por alimentos estragados.

Pensando nisso, separamos 3 dicas para você mandar bem na hora de montar a sua marmita. Anota aí:

1 — Marmita com gosto de ontem? Não!

A primeira coisa a se fazer é selecionar os ingredientes. Sempre prefira alimentos frescos, “novos” — além de mais saborosos, eles duram mais. Muito cuidado na hora de escolher o que congelar. Não é recomendado congelar vegetais crus, batatas, macarrão sem molho, maionese e outros alimentos à base de creme de leite e queijos cremosos.

2 — Minha tupperware, minha vida

A “tapoé”: eis o item indispensável na vida de qualquer adulto. Ela deve ser um recipiente lavável, rígido e, de preferência, transparente e com uma tampa hermeticamente fechada.

Cuidado na hora de congelar líquidos, é sempre bom deixar uma margem para evitar acidentes na hora de reaquecer.

Outra dica: alimentos tem validade de até 5 dias na geladeira e um mês no freezer — mas é importante ficar atento as temperaturas (geladeira inferior a 5°C e freezer não mais que -18°C) para evitar surpresas desagradáveis.

3 — Os pequenos segredos

O ideal é cozinhar os alimentos por menos tempo e usar pouco sal e temperos. O motivo? Ao ser congelado, os alimentos tendem a ficar mais macios. Por sua vez, o sal e temperos tendem a ficar mais evidentes após o descongelamento — então, segure a mão, ok?

Outro ponto importante é o choque térmico. Logo após cozinhar, trate de resfriar o alimento rapidamente, colocando a panela, sem tampa, no gelo. O cozimento será interrompido e seus alimentos ficarão conservados.

Na hora de organizar, seja esperto. Alimentos com menor tempo de vida útil para o consumo devem ser colocados na frente do freezer. É sempre bom não entupir o espaço com vasilhas e outros itens para que o ar frio possa circular livremente.

Para quem está querendo controlar a alimentação, uma dica é dividir a comida em embalagens menores, gerando menos desperdício e, claro, uma reeducação alimentar.

E se mesmo com todas essas dicas as suas marmitas não estão ficando do jeito esperado, é bom verificar a vedação da sua geladeira ou freezer. Talvez a temperatura interna não esteja adequada

Dicas em mãos, agora sua marmita ficará ainda melhor, mais saborosa e saudável.

Gostou? Então fique ligado aqui no blog da alimentto: sempre traremos dicas, tutoriais e assuntos deliciosos para você tornar a sua relação com a comida ainda mais prazerosa.

Like what you read? Give alimentto a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.