QA Remoto: Como superar os principais desafios ?

O teste de software é uma carreira fascinante. Isso requer uma combinação de perspicácia técnica e comercial para que um analista de teste de software possa entender os detalhes do aplicativo em teste. Ele exige criatividade para determinar as melhores formas de testar um aplicativo.

Mas, por mais fascinante que seja um testador de software, ele também vem com desafios, incluindo saber o que testar, reconhecer quando o teste é feito e implementar as melhores práticas.

Esses desafios são amplificados quando se trabalha remotamente. Nos meus primeiros onze anos como analista de teste de software, trabalhei principalmente em conjunto com minhas equipes, que por sinal foram muitas, e AMEI TODAS ! Mas desde que comecei a trabalhar remotamente na Tabmedia, isso fazem dois anos, eu tive que mudar minha maneira de trabalhar, para poder colaborar com sucesso com minha equipe e manter um produto de alta qualidade.

Assim como trabalhar remotamente me permite flexibilidade no local de trabalho e no horário, também precisei ser flexível para ajustar a maneira como trabalho. Ainda mais que hoje estou 13 horas adiantado da minha equipe, pois atualmente estou na Austrália e minha equipe e empresa estão no Brasil, sem falar que temos pessoas em Portugal e Canadá.

Aqui tem algumas das coisas que tenho aprendido trabalhando remoto:

COMUNICAÇÃO: Quanto mais, MELHOR!

Apesar de comunicação não ser um problema para mim, mas uma das primeiras coisas que observei sobre trabalhar remotamente foi que pode ser mais desafiador ao se comunicar — especificamente, comunicar sobre problemas e ter conversas que envolvam interpretações críticas.

Nos reunimos diariamente e por várias vezes ao dia. Realizamos videochamadas nas nossas daily meetings, plannings e em todo o processo ágil. Como também, em situações mais críticas onde por mensagem de texto não se consegue entender a urgência do problema. Ah, o Slack é o meio de comunicação utilizado na empresa.

Se você se encontrar completamente perdido ao conversar com um colega de trabalho, ou se parecer que está em desacordo total, sugiro que você faça uma chamada de vídeo para descobrir as coisas.

Liberando uma RELEASE

No processo de lançamento, é essencial que os testadores de software informem o restante da equipe sobre o estado do produto em tempo hábil. Comunicar se um lançamento deve ir ou não ser uma responsabilidade de um analista de teste.

Uma desvantagem disso é que pode parecer que os testadores estão desacelerando as coisas, mas é necessário comunicar possíveis bloqueios de estradas o mais rápido possível. Afinal, captar problemas antes de um lançamento é muito melhor e, em última análise, muito menos demorado do que descobri-los depois do fato.

Depois que minha equipe e eu desenvolvemos um processo passo-a-passo, fiquei muito satisfeita sabendo que todos nós poderíamos trabalhar juntos e lançar uma nova versão para produção sem objeções do ponto de vista da qualidade.

PERGUNTAS são sempre bem-vindas

Trabalhando remotamente, inicialmente me vi mais hesitante em fazer perguntas. Às vezes, tive dificuldade em decidir se deveria colocar a questão para toda a minha equipe ou para apenas um determinado indivíduo.

Eu aprendi que é sempre melhor fazer perguntas. Toda vez que o fiz, aprendi algo novo e me senti muito melhor. Mesmo que uma pergunta pareça estúpida ou seja feita tarde, está tudo bem.

Como trabalhar remotamente significa que o trabalho acontece de forma assíncrona, não há problema em fazer perguntas quando elas surgem para você — apenas não espere respostas imediatamente. Além disso, fazer perguntas é uma maneira de mostrar que você está interessado e quer se envolver. E é apenas outra maneira de interagir com sua equipe.

VISIBILIDADE: não se esqueça de sincronizar.

Seja transparente

Outro desafio com o teste de software remoto tem a ver com a visibilidade do trabalho. Em uma equipe co-localizada, é fácil olhar em volta e ver no que seus colegas de equipe estão trabalhando. Em uma equipe distribuída, ninguém tem essa capacidade.

E, como testador, nem sempre você está fazendo alterações que sua equipe possa ver. Pode ser fácil começar a pensar se você está tendo sucesso no seu trabalho e se sua equipe acha que você está indo bem o suficiente.

É quando se torna importante exagerar na comunicação. Envolve-me dar muitas atualizações de status e compartilhar minhas vitórias (e as dos colegas de equipe) com a equipe. Ter sessões de feedback regularmente também ajuda a manter todos em sincronia.

SEJA FELIZ: Faça o trabalho remoto para você!

Testes remotos de software, assim como qualquer carreira, vêm com desafios. É importante que você reconheça esses desafios e descubra como superá-los para ter uma carreira bem-sucedida e, felizmente, feliz.

Certifique-se de encontrar maneiras de se conectar com sua equipe. Construa relacionamento e confie um no outro. Encontre processos que funcionam bem para você e sua equipe e ajuste quando as coisas não estão funcionando.