Orgulho é ser Nerd a moda antiga

Com honra é comemorado o Dia do Orgulho Nerd em memória daqueles que não podiam se assumir

Jovens escolhendo o próximo colecionável no Shopping SoGo Plaza na Liberdade — SP Foto: Aline de Sousa

É notável como a cultura geek deixou de ser motivo de bullying nas escolas e passou a ser reconhecida e comemorada com um dia específico, 25 de maio, como o Dia do Orgulho Nerd. No final da década de 60 isso era inimaginável, afinal esta cultura estava apenas começando e estava longe de se popularizar, neste período os geeks, que existiam ocultavam os seus gostos peculiares e guardavam o seu orgulho para si. Hoje, porém, o cenário se transformou e o estilo se popularizou tanto no ocidente como também no oriente. Ser nerd não é mais sinônimo de uma pessoa isolada, com gostos estranhos e obcecada por estudos. Este termo é associado com pessoas interessantes e quem domina essa cultura é considerado inteirado no quesito entretenimento.

No final na década de 60 a cultura nerd alavancou com o lançamento da série Star Trek, já na década de 70 foi lançado o filme Star Wars e os jogos para vídeo game se popularizaram, e em 80 o computador IBM-PC se tornou acessível e permitiu com que geeks se aprofundassem em conhecer a nova tecnologia. Essa evolução de produtos voltados ao público Nerd proporcionou um agrupamento de pessoas que se interessavam pelo mesmo assunto e com o passar dos anos a consolidação desse grupo se concretizou ganhando espaço na cultura e no comércio. O crescimento do grupo foi tão grande a ponto de ganhar um dia em comemoração e realizarem eventos como a Comic Con Experience que mobiliza cerca de 180 mil pessoas a cada edição.

O mundo nerd introduzido na cultura pop

O crescimento da cultura Nerd chamou a atenção principalmente da indústria cultural. Rapidamente histórias que começaram nas HQ’s (revistas em quadrinhos) ganharam espaço no cinema, os personagens se tornaram objeto de coleção, sem contar os lucros obtidos com materiais escolares e todo tipo de objeto com temáticas predominantes no mundo geek. Essa popularização fez o universo que antes pertencia somente aos nerds invadisse a cultura popular, gerando dessa maneira, uma visão errônea de quem pertence a esse espaço.

Ser antissocial por conta do seu estilo era uma das maiores características do nerd de 70 e 80, isso acarretava um aprofundamento maior no seu próprio mundo. Nos dias atuais o contrário também acontece, o conteúdo geek se tornou tão popular que qualquer fã simpatizante se auto denomina nerd. Porém, não há a mesma imersão que havia há trinta anos atrás, esses fãs não mergulham na cultura a ponto de buscar os detalhes da história, o embasamento científico e a vivência no universo. Essa falta de argumento gerou uma nova geração de “nerds” sem qualquer conteúdo, que se aventuram em um mundo que mal conhecem, não dominam o assunto e sequer o respeitam.

Cultura nerd é frequentemente encontrada no vestuário de paulistanos. Foto: Aline de Sousa

Quem é nerd tem respeito

É comum encontrar nas redes sociais debates sobre vários temas do universo Nerd. Porém, fica claro diante dos argumentos apresentados nas discussões quem realmente conhece o assunto e aqueles que apenas simpatizam com o tema, mas não o conhecem a fundo. Quando não há mais argumentos, muitos transformam o debate em confusão e apelam para a violência como forma de ataque. Esse comportamento não é visto somente em discussões desse gênero, mas também em debates políticos, religiosos, esportivos, etc.

“O nerd atual não tem muito respeito por conta da sociedade em que vivemos, a educação vem decaindo há muito tempo e isso tem sido um problema crônico em nossa sociedade. Os nerds atuais tem sido um reflexo disso”

O vendedor e Youtuber do canal Nerd de Meia Tigela, Danny Hat, trabalha há sete ano no SoGo Plaza Shopping, localizado no bairro Liberdade em São Paulo. O vendedor afirma que “ O nerd de verdade sabe muito bem quem ele é e quem ele representa, ele sabe que aquilo não é ser nerd de verdade… O nerd não é somente gostar de anime e histórias em quadrinhos, o que faz a pessoa ser um nerd é o estilo de vida. ”

“ O nerd de verdade sabe muito bem quem ele é e quem ele representa, ele sabe que aquilo não é ser nerd de verdade… O nerd não é somente gostar de anime e histórias em quadrinhos, o que faz a pessoa ser um nerd é o estilo de vida. ”