A bondade incomoda o mão de vaca!

"O avarento não doa e nem gosta de quem é doador, porque a generosidade do doador ofende a sua personalidade de avareza!" Carlito Paes

Hoje faz uma semana que tenho diariamente feito algo para compartilhar o bem com as pessoas, como estou indo ao trabalho de busão e depois carona, decidi então sempre após pagar a minha passagem deixar a passagem da próxima pessoas paga, tem sido um experiência muito legal, algumas pessoas ficam surpresas, outras não entendem, outras ficam felizes e agradecidas, os cobradores de ônibus também compartilham dessas experiências de fazer o bem, porém ontem aconteceu algo bem diferente, após pagar a minha passagem na volta para a casa e a de uma colega de trabalho, fiz como todos os dias, avisei o cobrador que iria deixar a próxima passagem paga, ele esboçou uma pequena afirmação com a cabeça, no entanto quando eu sinalizei para descer no próximo ponto, ele virou a catraca anulando então a passagem paga, me virei para ele e perguntei o que houve pois estava paga para a próxima pessoa, entretanto fui surpreendido por uma reação inédita, ele se virou para mim já com a cara fechada, e falou em alto e bom tom: "Porque você fez isso? Ninguém te pediu para fazer isso, você não precisa fazer isso!" Diante dessa reação só respondi que não precisava mas queria fazer. Ele retrucou que eu tenho que avisar para quem é que eu estou pagando e não posso fazer isso, por um segundo pensei em um monte de coisas para responder e reivindicar, mas logo me veio o pensamento de que meu propósito não é gerar problemas mas sim fazer o bem, enfim pedi desculpa para ele por gerar este “incomodo” e desci na minha parada.

“O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente que há no mundo.” Mahatma Gandhi

Hoje pela manhã encontrei com a minha colega de trabalho que disse que após eu ter descido ele ainda continuo a bravejar, e disse para ela me avisar que eu não posso fazer isso, que as coisas não são assim, o detalhe é que no próximo ponto entrou uma moça que o cartão dela não estava passando, minha colega sacou o dinheiro para pagar a passagem da moça enquanto as pessoas que estavam ao redor observavam tudo olhando para o cobrado com aquela expressão: “tá vendo, se você tivesse deixado a passagem paga agora essa moça não estaria passando por isso.” Mas o cartão da moça passou e minha colega também desceu em sua parada.

“Quanto a vocês, irmãos, nunca se cansem de fazer o bem.”
Apóstolo Paulo em 1 Tessalonicenses 3. 13

Fique refletindo sobre isso e duas coisas me vieram a mente, primeiro que quando vamos fazer o bem sem ver a quem isso pode incomodar as pessoas, pois se sentem ofendidas com a bondade e generosidade, talvez por não praticarem e por não ser uma cultura, logo penso que estamos no caminho certo, na contra-cultura de uma sociedade que a cada dia tem esfriado o amor ao próximo. Não sei o que levou este homem a tomar essa atitude e assim como ele não entendeu o que me levou a tomar a atitude de fazer algo para ajudar alguém. Também penso que a cultura do jeitinho brasileiro, da esperteza tenta frustrar o ato de fazer o bem, pode ser que se eu deixe algo pago em uma padaria para alguém, tipo café pago para a próxima pessoa se as pessoas da padaria não topam passar o bem adiante, ele podem embolsar o cafezinho na sua pequena atitude de “esperteza.”

“As pessoas que fazem mal ao mundo não descansam um dia, porque eu descansaria?” Bob Marley 
Frase dita após Marley ter sido baleado em sua própria casa e logo após dois dias voltou a cantar em um show gratuito.

Ontem um amigo me disse que tudo isso aconteceu para que a intensão de fazer algo bom fosse propagado para mais pessoas naquele ônibus, pois se apenas uma pessoas não pagasse sua passagem isso iria apenas impactar ela, porém com isso tudo um debate foi ascendido e muitos puderam refletir.

O que aprendi com tudo isso? Que vou continuar pensando em como fazer o bem sem ver a quem, e se é uma questão cultural, é só começar a implantar uma nova cultura, a cultura do bem, do amor, da paz, da alegria e da esperança. Não devemos ser "mão de vaca" mas devemos abrir mão de alguns conceitos para experimentar e fazer algo novo para este mundo ser um lugar melhor. Allan Marcel

Regra de ouro!

“Assim, em tudo, façam aos outros o que vocês querem que eles façam a vocês.” Jesus Cristo em Mateus 7.12

#VibeDoBem #FaçaObemSemVerAquem #PasseAdiante #MaisAmorPorFavor #CompartilheObem #EleveSuaVida #GoodVibrations #PositiveVibrations