?

De difusões em difusões me colidi comigo mesma. Me encontro em um estado que não sei o que se passa, nem comigo, nem ao meu redor. Todos parecem estranhos e o mundo vibra, a escuridão me chama e os timbres me convidam pra dançar. Sempre aceito os convites mas faz uns tempos que não sinto leveza em meus passos. Meus pensamentos me consomem e já não tenho mais controle sobre meu corpo e nem sobre minhas vontades, não tenho controle sobre nada em minha vida…mas afinal, quem o tem? A impressão que tenho é que estou assistindo minha vida se desenvolver lenta e dolorosamente as custas do meu bem-estar e meu físico. Me sinto exausta e sem disposição mesmo sem fazer nada todos-os-dias. Se isso é viver, o que seria existir? Nesse momento minha mente dói de tanta coisa sendo processada ao mesmo tempo, minha cabeça parece que vai explodir e eu já não caibo mais em mim. Não me reconheço.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.