O lado sombrio de ser uma Pessoa Empata

Sou uma pessoa empática e nem sempre é divertido!

Pessoas empáticas são tipicamente consideradas como pessoas que sentem e vivem as emoções dos outros como se fossem suas. São consideradas curadoras do mundo (pessoas que curam os outros, sem precisarem de fazer muito).

A sensibilidade e a capacidade de uma pessoa empática sentir as emoções dos outros é tremenda. A pessoa empática vê e sente as energias subtis do mundo e das pessoas à sua volta e experiencia-as como se fossem suas.

Quem não tem esta capacidade, pode julgar que pessoas empáticas possuem um verdadeiro dom na vida. Acreditem que se perguntarem a uma pessoa empática se isto é um dom, ela provavelmente irá dizer-vos que nem sempre é tão positivo, nem tão divertido e que até preferia, por vezes, não ter este dom (pessoalmente sei e sinto isto, todos os dias).

Por causa deste dom, geralmente as pessoas empáticas atraem pessoas que confiam nelas e procuram pelo seu suporte, pois as pessoas empáticas fazem com que os outros se sintam seguros.

Contudo, embora a pessoa empática consiga perceber as emoções dos outros, ela sofre grandes tensões interiores por causa disto.

O lado sombrio de ser empático vem do facto de existirem sempre 2 vozes interiores e conflituantes entre si, pois a pessoa empática sente e consegue ver o lado bom, mas também o lado mau, de todas as pessoas e de todas as situações e isto é extremamente desgastante.

E uma das grandes desvantagens de ser Empata, é que a pessoa está muito mais susceptível às energias negativas da vida.

A capacidade que estas pessoas têm de sentirem intensamente tudo o que se passa à sua volta, impede as de se desligarem e estas pessoas sentem constantemente tudo à volta: alegria, tristeza, desespero, êxtase, excitação, ansiedade, nervosismo, tranquilidade e por ai vai…

A sua profunda compreensão sobre como o mundo e o ser humano funcionam e operam são suficientes para deixar estas pessoas confusas e tristes, mas também esperançosas de que o ser humano pode sempre superar-se.

Outra coisa negativa de ser empata, é que uma pessoa empata está constantemente (fisica e mentalmente) exausta devido ao conjunto de energias que absorve, a todo o momento e esteja aonde estiver.

Por isso, é tão importante para estas pessoas terem momentos em que estão a sós, consigo mesmas, para que possam recarregar as suas energias e sentirem que podem de novo ir para o mundo.

Entretanto, as pessoas à volta dificilmente irão perceber esta condição da pessoa empata, pois geralmente pessoas empatas costumam ser quietas e absorvem tudo o que se passa à volta, sem fazerem barulho.

E geralmente por causa disto, pessoas empatas costumam ter muitas oscilações de humor (tão de repente podem estar alegres e tranquilas, como de repente ficam nervosas e agitadas) e poucas são as pessoas que têm a capacidade ou a paciência para compreender isto.

Assim como todo o mundo, a pessoa empata também quer ser amada e aceite pelo que é!

Pessoas empatas são pessoas que dão muito de si e geralmente costumam ser gentis e por causa distos dificilmente receberão dos outros na mesma proporção e terão sempre alguém a querer abusar da sua generosidade, pois elas sem se aperceberem atraem este tipo de pessoas e situações.

O lado sombrio de ser empata é saber que mesmo quando estamos apaixonados, não temos como entregar-nos de forma completa e total, pois a nossa intensidade pode ser demasiada para suportar, tanto para nós, como para os(as) nossos(as) parceiros(as).

E talvez seja por isso que pessoas empatas passam sempre a impressão de viverem num mundo só delas e de guardarem uma parte de si escondida do resto do mundo, muito embora tudo o que queiram é entregar-se e abrir-se completamente aos outros.

O lado sombrio de ser empata é ter de enfrentar uma guerra interior, todos os dias, contra o lado negativo e triste que está sempre a querer dominar estas pessoas e que pode levá-las à auto-destruição, embora sejam pessoas que transmitam muita positividade e alegria tambêm.

Uma boa forma de pessoas empatas conseguirem enfrentar tudo isto é aprenderem a distinguir entre as emoções que são suas e energias e emoções que são externas a si e que a invadem, parecendo ser suas.

Outra boa forma das pessoas empatas se defenderem desta condição é identificar pessoas e situações que lhes fazem mal e afastar-se delas ou evitá-las, por muito que isso custe.

Pessoas empatas precisam de lidar com outras pessoas que assim como elas, enfrentem esta condição e por causa disso, compreendam o que é ser empata e com quem elas se possam abrir e confiar totalmente.

Pessoas empatas precisam de aprender a deixar cair a barreira construída à sua volta como defesa e deixar com que outras pessoas empatas também possam entrar na sua vida e apoiá-las.

Caso contrário, a pessoa empata está destinada a travar uma luta dentro de si mesma, que não tem fim, tornando muito dificil a sua existência.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.