Cada dia que passa a chuva está mais perto…

Tirando a frase do título, que é uma frase que venho escutando quase que diariamente de meus clientes, o fato é que para essa quinta-feira, uma frente fria já provoca chuvas em todo o Estado do Rio Grande do Sul, sendo que em muitos municípios, os volumes acumulados nessas últimas 24 horas, já superam os 50 mm. E essas chuvas tem agravando ainda mais as condições das lavouras de trigo, cevada e demais culturas de inverno, bem como inviabilizado totalmente o plantio do arroz, na metade sul do Estado.

E segundo os mapas de previsão, essas chuvas ainda deverão ser registradas nessa sexta-feira, mas já em volumes menores e mais esparsas. Uma vez que esse sistema estará avançando pelo interior do Brasil ao longo desses próximos 5 dias. Entretanto, para essa quinta-feira, não há previsão de chuvas generalizadas sobre nenhuma região produtora do Sudeste, Centro-oeste, Rondônia e do Matopiba. Apenas poderão vir a ocorrer pancadas de chuvas muito isoladas e de baixa intensidade sobre a faixa oeste dos estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul.

Mas como essa frente estará avançando ao longo do final de semana sobre o Sudeste, há previsões de chuvas mais generalizadas sobre as áreas produtoras do Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Mato Grosso e sobre as metade sul de Goiás e de Minas Gerais entre o domingo e a segunda-feira. Essas chuvas apesar de ainda serem de volumes moderados, isto é, entre 10 a 30 mm, mas já serão suficientes para permitir condições mais favoráveis ao plantio da soja e, principalmente ao desenvolvimento daquelas lavouras que já estão no campo, e sentindo muito os efeitos negativos dessa estiagem e do forte calor que vem ocorrendo nessas últimas 3 semanas, já que a última boa chuva que ocorreu foi entre os dias 01 e 03/10. De lá pra cá, não houve mais nenhum registro de chuvas.

Mas nas regiões nordeste do Mato Grosso, norte de Goiás e de Minas Gerais e em todo o Matopiba, as chuvas mais generalizadas só deverão voltar a ocorrer, de fato, no próximo final de semana. Ou seja, entre os dias 28 e 29/10. Até lá até poderão vir a ocorrer algumas pancadas de chuvas, mais ainda serão insuficientes para permitir o plantio da soja.

E com a regularização do regime de chuvas ao longo da semana que vem, a tendência é que não venha mais ocorrer esses longos períodos de estiagem sobre a região central e norte do Brasil, sendo que no Sul, em especial no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, os volumes de chuvas deverão diminuir, mas nada que venha trazer preocupações aos produtores.

Fonte: Rural Clima — Marco Antonio dos Santos