ARQUIVO FOTOGRÁFICO 1 — Beija-fulô

Fotografo mais do que preciso (quantidade) e menos do que deveria (qualidade). Vou começar a postar minhas fotos antigas (que superlotam meu HD e cards), as boas, as masomenos, as ruins e até as péssimas e contar (ou criar) as histórias delas. Vou selecionar sem critério, a que eu achar primeiro, na pasta que surgir na frente. Vamos ver qual será a primeira:

Beija-flor que morou na minha garagem

Essa foto foi feita em 2014 com meu iphone 4s, numa manhã de janeiro, acho… Essa moçoila aí, fez ninho na minha garagem e era lindo vê-la todo dia. Foram três ninhadas e depois ela se foi forever. Saudade do som das suas asas amenizando a correria dos dias, saudade das suas cores, adoçando os sonhos e espantando os pesadelos que a cidade abriga no seu seio de concreto e indiferenças.