Faça o que importa

É muito comum que eu me pegue preocupado, em meu dia a dia, sobre se estou perdendo tempo fazendo algo ou não.

Na maioria das vezes deixo a preocupação passar, mas há vezes em que estamos tão preocupados em fazer algo útil que, na aflição por fazê-lo, acabamos criando preocupações exageradas e nos frustramos quando percebemos que podíamos estar sendo mais produtivos em algo realmente interessante e necessário.

Estranhamente, quando percebo que minhas preocupações têm razão para existirem, fico empolgado, com vontade de deixar o ócio de lado e buscar fazer o meu melhor em algum projeto de valor. Afinal, é justo quando percebo que há coisas mais importantes para fazer que me pego lembrando sobre o que realmente importa na vida.

Por isso eu digo: não se frustre. Seja inteligente o suficiente para fazer de suas reflexões sobre a vida oportunidades para fazer o que realmente te importa.

É que precisamos salvar a nós mesmos das armadilhas em que caímos em momentos de ócio ou de produtividade desnecessária, e é percebendo isso que seu dia a dia deixará de ser uma longa reflexão sobre perda de tempo e passará a ser uma longa jornada aproveitando cada minuto com um sorriso no rosto.

__________

Me encontre no Facebook. Clique aqui.