do (des) encontro

ela enfim a abraçou e sentiu-se leve. por alguma horas foi dela, mas queria que aquele momento durasse eternamente. tudo costumava a ser como antes. o mesmo beijo, o mesmo cheiro, o amor que não precisava de palavras e a saudade que parecia correr dentro do peito. por mais que fosse maravilhoso, ainda era pouco. lembrava de que se não fosse por ela teria sido mais.

até agora sente-se leve.
e sorri feito um boba com uma canção de amor.

Like what you read? Give Amanda Lisboa a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.