7 dicas para alcançar suas metas ainda em 2017!

O carnaval já passou e agora não tem mais desculpa: se quiser concretizar sua lista de resoluções de Ano Novo, é melhor começar a se mexer agora ou corre o risco de chegar no dia 31 de dezembro com aquela sensação de que 2017 te atropelou e você não conseguiu realizar nada do que se propôs :/

No final de 2016 publiquei na minha fanpage uma série de 7 dicas para alcançar suas metas em 2017. São ferramentas que aplico com minhas clientes e também na minha própria vida com excelentes resultados! Tive um feedback bastante positivo e por isso resolvi re-publicar estas dicas para te ajudar a recalcular a rota agora que já estamos no terceiro mês do ano! Vamos lá!

Posso afirmar com quase 100% de certeza que você estava esperando na dica #1 algo como “avalie o ano que passou”, “tenha uma visão de como quer estar ao final de 2017”, ou algo do tipo…. acertei?
 
 Esses passos são super importantes e vamos falar deles nas próximas dicas, mas de nada adianta você executá-los se dentro da sua cabeça a “conversa interna” estiver mais negativa do que positiva. 
 
 De acordo com a Psicologia Cognitiva, determinados PENSAMENTOS (positivos ou sabotadores/ negativos) são ativados em situações específicas. Esses pensamentos desencadeiam sentimentos, reações fisiológicas e também são o ponto de partida de nossas AÇÕES…. que por sua vez determinam nossos RESULTADOS na vida.
 
 Por mais que seja difícil para algumas pessoas aceitar, não temos controle total sobre as situações externas a nós. Mas podemos controlar, sim, a forma como REAGIMOS a essas situações. E essa forma de reagir começa com nossos PENSAMENTOS.
 
 Eu dei toda esta (importante) volta para te falar o seguinte: as suas ações de AVALIAR o ano que passou, ESTABELECER metas e principalmente AGIR para alcançar estas metas e se MANTER firme em sua jornada vão depender de seus PENSAMENTOS. Se você passa a maior parte do seu dia tendo pensamentos que te sabotam, grandes são as chances de você não conseguir tirar aprendizados e enxergar as coisas boas do seu 2016, e nem de realizar o que está na sua lista de metas para 2017. Tudo então começa no âmbito dos nossos PENSAMENTOS, por isso esse é o tema de abertura desta série de 7 dicas. 
 
 Agora é importante você entender que: TODAS nós temos pensamentos sabotadores. Eles estão ligados ao nossos instinto de sobrevivência. Uma pessoa que não tem não tem nenhum pensamento do tipo pode atravessar a rua sem olhar para os lados, pois não tem medo que nada de ruim aconteça.
 
 Claro que em situações reais de perigo não podemos falar que é ter pensamentos deste tipo é autossabotagem, já que é uma defesa NECESSÁRIA! O problema é que o nosso cérebro não entra no “modo sabotador” apenas em situações reais de perigo: ele quer nos manter em nossa zona de conforto mesmo em situações onde queremos e devemos agir diferente. Isso porque para o nosso cérebro, por pior que possa parecer, a zona de conforto é um lugar conhecido e portanto seguro para ele… e conveniente para permanecermos. Resumindo: não tem como eliminar de vez os pensamentos sabotadores, e sim aprender a administrar a conversa interna quando eles aparecerem e não deixar que eles te comandem. 
 
 E a essa altura você já deve estar se perguntando: “Mas Amanda, como faço para lidar com esses monstrinhos interiores que vivem me colocando pra baixo e impedindo que eu avance?” 
 
 Quero deixar bem claro que isso pode não ser algo tão simples. Se esses pensamentos realmente te paralisam e te bloqueiam na direção do que é importante na sua vida, pode ser necessário um bom processo de coaching e/ou terapia (principalmente quando esses pensamentos estiverem causando psicopatologias). 
 
 Mas toda mudança começa com a consciência de que e do que é preciso mudar, então um bom ponto de partida é CONHECER estes pensamentos. 
 
 ✔️ Quando você perceber que precisa realizar algo que é fundamental para chegar aonde você quer, mas começar a procrastinar (o famoso “empurrar com a barriga”), dar desculpas para fugir da situação ou ter sentimentos ruins (medo, ansiedade, angústia), pare por uns minutos e observe o que está passando pela sua cabeça nesses momentos. 
 
 ✔️ Identifique o pensamento, de forma literal mesmo. Exemplos: “isso é muito chato”, “vão falar mal de mim se eu fracassar”, “isso não vai dar certo”, etc.
 Pergunte-se os “porquês” deste pensamento. Exemplo: “por que isso não vai dar certo?” (se quiser ter bons resultados com esta ferramenta, escreva suas respostas).
 
 ✔️ São esses pensamentos que estão dificultando sua ação e é sobre eles que você deve atuar. Procure evidências que comprovem esse pensamento e evidências que vão contra. Existe um método excelente para isso criado por Byron Katie, onde você estabelece um diálogo interno pergunta ao seu pensamento:
 
 1⃣ isso é verdade?
 2⃣ eu posso afirmar com 100% de certeza que isso é verdade?
 3⃣ como reajo quando acredito nesse pensamento?
 4⃣ quem seria eu se não tivesse esse pensamento?
 
 
 Na grande maioria das vezes, as pessoas encontram muito mais evidências contra o pensamento do que a favor. Além disso, percebem através da pergunta 3 o quanto este pensamento está gerando sofrimento e conseguem perceber como seria a vida se pensassem de forma diferente. Esta tomada de consciência já pode te ajudar e muito, mas em muitas vezes é necessária sim a ajuda de um profissional.

“Metas são sonhos com prazo” (Napoleon Hill)

Se você acha que tem metas mas elas não tem ao menos prazos, a probabilidade de alcançá-las é baixa.

No coaching trabalhamos com metas SMART:

❗️S (specific): específicas 
 ❗️M (measureble): mensuráveis
 ❗️A (attainable): alcançáveis
 ❗️R (relevant): relevantes
 ❗️T (time based): temporais

Isso quer dizer que para que um sonho seu tenha maiores chances de ser alcançado, ele precisa ser uma meta e ter estas 5⃣ características acima.

➡️ Ele precisa ser eSpecífico (não gerar dupla interpretação, ser concreto), Mensurável (ter algum indicador concreto que mostrará que foi alcançado), Alcançável (sua meta precisa ser realista, ser possível de ser alcançada dentro do tempo que você se propõe e com os recusros que você tem ou poderá ter), Relevante (alinhada com seus verdadeiros “porquês” — assunto da próxima dica!) e Temporal (ela precisa existir no tempo, ou seja: você precisa, PRE-CI-SA colocar um prazo para alcançá-la).

➡️ Exemplo de uma meta SMART: 
 “Fazer a matrícula da pós graduação em finanças na Universidade X, até o dia 05/03/2017”. Veja como é diferente de: “fazer uma pós-graduação”. E claro que além disso esta meta deve estar alinhada com os valores e a visão de longo prazo da pessoa (o “porquê”) e também ser quebrada em metas menores (como guardar “x” reais para a matrícula).

Então agora olhe para o que pretende alcançar em 2017: são apenas sonhos ou metas SMART? Transforme cada uma de suas aspirações em METAS conforme descrito acima e assim aumente as chances de alcançá-las!

⚠️ Você vai encontrar desafios na sua jornada. Obstáculos externos (situações que fogem do seu controle) e obstáculos internos (suas crenças e sabotadores — por isso dediquei a dica #1 para este tema em específico).

Se você não tiver muita CLAREZA dos seus reais motivos (seus “porquês”, ou seu PROPÓSITO) pelos quais quer alcançar suas metas , você vai acabar sucumbindo a estes desafios e mesmo sem perceber, desistindo dos seus objetivos.

O seu propósito é o que você quer alcançar na sua vida. Você já deve ter percebido que pode não ser algo tão simples assim enxergar qual seu propósito, mas tem uma pergunta que pode começar a te dar pistas importantes:

“Que histórias você vai se orgulhar de contar?”

Escreva sua resposta (não se sabote apenas respondendo mentalmente!). Você pode aproveitar e escrever também a sua visão de longo prazo (que deve estar intimamente ligada ao seu propósito): quais as coisas que você quer vivenciar e conquistar daqui 10, 20 anos? E o mais importante: POR QUE você quer conquistar e vivenciar isto?

Agora olhe para a sua vida atual: você hoje está vivendo de forma a contar estas histórias? Se não, o que pode mudar? As metas que você deseja alcançar em 2017 refletem o legado que você que deixar?

As pessoas que alcançam metas grandiosas têm uma visão de longo prazo e um “porquê” muito claro por trás. Lembre-se de seu propósito constantemente. É ele que vai te dar motivação para seguir em frente quando a vida acontecer e as coisas saírem do seu planejamento. É sendo fiel ao seu propósito que você superará estes desafios e seguirá firme em sua jornada!

Existe um ditado chinês que diz que “Um homem que persegue muitos coelhos ao mesmo tempo não pega nenhum”.

Ou seja: menos ➖ é mais ➕. Quanto menos metas, maior o foco e maior a probabilidade de realização (calma, não precisa — e nem deve! — escolher somente uma!).

Eu sei, a tentação é grande. Ao nos depararmos com um ano novinho pela frente, o primeiro impulso é querer mudar tudo em nossa vida que precisa ser mudado. Essa energia de esperança e de que “tudo é possível” é uma delícia, e deve ser mantida durante o ano todo, mas com os pés no chão

Lembra do “A” da palavra SMART (se não sabe do que eu estou falando, volte para a dica #2)? Cada uma de suas metas deve ser alcançável, realista…. mas não adianta estabelecer 20 metas realistas, não é mesmo?

Seu dia continua tendo 24 horas, e a não ser que você passe por uma transformação de 360 graus, sua rede de apoio tende a ser parecida com a que você tem hoje, seus compromissos e sua rotina idem.

❗️ Então, antes de fazer aquela simpatia de estabelecer um “desejo” para cada mês do ano (mais alguém já fez esta simpatia? rs), lembre-se que, especialmente se suas metas exigirem uma grande mudança de sua parte, você precisa ser realista.

➡️➡️ O indicado é que você tenha 1 meta de grande intensidade e + 2 metas que sejam importantes também, mas que não exijam tanta energia como a de grande intensidade (vale ressaltar que o conceito de “intenso” é subjetivo — o que é intenso para mim pode não ser para você — mas vamos considerar como “intenso” um objetivo que necessite uma mudança drástica de rotina, de hábitos, ou resultados, por exemplo).

Resumindo: 3 metas que demandem dedicação de sua parte (sendo uma de grande intensidade), e de preferência de áreas distintas de sua vida (por exemplo: uma meta relacionado ao seu trabalho, uma meta de saúde e uma de relacionamentos). Tendo 1 meta de grande intensidade você com certeza já terá várias submetas provenientes dessa para se dedicar, não é mesmo? Agora imagine traçar 5, 6 metas que demandem tanta energia? Ou mesmo 15 metas “menores”?

Geralmente o que acontece nesses casos é o efeito contrário: ao invés de suas metas te motivarem, elas te estressam, te cansam, e por não serem realistas te frustram… e por fim você desiste.

Então segure a ansiedade! Pode sonhar alto, mire nas estrelas, mas mantenha os pés no chão :)

“Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afiando o machado” (Abraham Lincoln)

Pense em seu planejamento de 2017 como se fosse um fogão a lenha: você precisar colocar lenha na fogueira para que não apague!

Planejamentos e revisões periódicas são essenciais para você avaliar como está sendo sua jornada, corrigir o percurso se necessário e certificar-se de estar indo na direção correta.

Em meia hora você faz esta revisão e planejamentos mensais, e em menos tempo ainda (10 minutos) você planeja sua semana. Ou seja: com pouco mais de uma hora por mês você afia seu machado para tomar ações mais certeiras e assim aumenta drasticamente as chances de alcançar seus objetivos

Aproveite a onda (ótima!) dos planners e bullet journals para se inspirar!

⬇️ Nestes links você consegue baixar alguns planners gratuitamente:

http://gavetamix.com.br/planner2017/

http://www.michellasouza.com.br/2016/10/planner-2017-download-tamanho-a5.html?m=1

️ Agora que você já escreveu o que pretende alcançar, avalie: no que você precisa de um suporte? Você pode precisar de um apoio, uma parceria ou mesmo de um serviço terceirizado.

➡️ Quem pode te ajudar a organizar as finanças? Alavancar seus negócios? Cuidar das crianças esporadicamente para ter um tempo com o marido ou para você fazer um curso?

Quais são as pessoas que podem te ajudar com cada uma de suas metas? Faça uma lista destas pessoas e coloque em seu planejamento a data em que irá abordá-las. Esta deve ser uma das primeiras tarefas do ano!

Os desafios vão aparecer, a rotina vai querer te atropelar e a tendência natural é que você permaneça em sua zona de conforto. Então como se manter firme em seu propósito e chegar ao final de 2017 com sua lista de metas cumprida?

Além dos planejamentos periódicos e do que você já sabe sobre ter disciplina, foco e consistência (mas como o senso comum não é a prática comum, é sempre bom lembrar), existem algumas estratégias que você pode lançar mão para te ajudar, além de trazerem outros benefícios:

  • Meditação: te ajudará a ter foco, clareza, diminuir a ansiedade e o stress…se eu for listar todos os benefícios, viro o ano escrevendo!
  • Caderno da Gratidão: é uma prática simples e transformadora, que te ajuda a manter o foco no positivo, a energia lá em cima e consequentemente a sua motivação para agir, também! Todas as noites, escreva 3 motivos pelos quais é grata. Simples assim!
  • Auto-observação: quando sentir que a energia está baixando, pare e observe seus pensamentos. Posso te afirmar com certeza que eles devem estar no modo “sabotador”. Volte na dica #1 e veja como lidar com eles e assim voltar no seu rumo!
  • Ter um quadro de visão: tire um tempo e faça uma colagem (física ou virtual) com imagens ou palavras que te remetam às suas metas, e mantenha esta colagem à vista. Esta é uma ferramenta muito poderosa também, pois mantém seus objetivos ativos na mente, e assim seu cérebro mobiliza energia para você chegar lá!
  • Arsenal de motivação: o nome é autoexplicativo — são vídeos, filmes, músicas ou mesmo amigos alto astral a quem você possa recorrer quando sentir que a vibração está baixando. Este ano percebi visivelmente como uma playlist animada me deixava pra cima em momentos de desânimo e isso mudava o astral de todo o meu dia, o que impactava claro na minha energia em ir atrás do que queria alcançar!

🔚 Chegamos ao final das 7⃣ dicas e eu espero que elas te ajudem durante o ano!

Gosto muito de uma frase do Abraham Lincoln que diz: “A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”. Então bora CRIAR o seu MELHOR ANO? Eu vou!

→ Te convido a assinar minha newsletter para receber conteúdos inspiracionais exclusivos que sói mando por lá, além de ficar sabendo de meus projetos e novidades em primeira mão: www.amandarocha.com.br