Os 5 melhores óleos essenciais contra alergias

O número de pessoas acometidas por algum tipo de distúrbio alérgico explodiu nos últimos 50 anos. A rinite alérgica está por trás dos desagradáveis sintomas alérgicos sazonais que todos nós conhecemos tão bem, esses sintomas se desenvolvem quando o sistema imunológico do corpo se sensibiliza e reage de forma exagerada à algo externo, no ambiente.

Image for post
Image for post

Segundo a OMS, cerca de 30% dos brasileiros atualmente sofrem com a rinite alérgica, e esse número vêm aumentando com o passar do tempo, especialmente entre as crianças. Se não tratada, as alergias podem causar bloqueios e corrimento nasal, espirros, olhos lacrimejantes, dor de cabeça e olfato prejudicado, mas isso em casos menos graves. Para algumas pessoas, as alergias podem ser fatais, causando inchaço e falta de ar.

As pessoas que sofrem de alergias costumam dizer que evitar os fatores desencadeantes (como a poeira) resolvem o problema, mas isso é quase impossível quando as estações mudam e o nosso sistema imunológico é comprometido pela indústria alimentar e as toxinas ambientais. Felizmente, alguns óleos essenciais servem como uma forma natural e segura de tratar os sintomas da alergia e fortalecer nosso sistema imunológico. Estes óleos essenciais para a alergia têm a capacidade de apoiar quimicamente ao corpo e ajudá-lo a superar a hipersensibilidade.

Como os óleos essenciais combatem as alergias?

Image for post
Image for post

Uma reação alérgica começa com o sistema imunológico, o sistema de defesa do nosso corpo. Um alérgeno é uma substância que engana o sistema imunológico, fazendo-o crer que o alérgeno é um invasor. O sistema imunológico reage de forma exagerada perante o alérgeno, que na verdade é uma substância inofensiva, produzindo anticorpos. Estes anticorpos viajam para as células que liberam histamina e outras substâncias químicas, causando a reação alérgica.

As causas mais comuns de uma reação alérgica incluem: Pólen, poeira, picadas de insetos, pelos de animais, alimentos, medicamentos, látex. A questão é: se estas causas comuns têm existido durante milhares de anos, por que aumentaram as taxas de alergia na história recente?

Uma das teorias que dão suporte para a explicação do aumento de alergias tem que ver com a inflamação, a raiz da maioria das doenças. O corpo responde de certa maneira a um alérgeno, porque o sistema imunológico fica sobrecarregado. Quando o corpo já tem que lidar com uma alta inflamação, qualquer alérgeno desencadeia uma reação maior. Isto significa que quando o sistema imunitário do organismo está sobrecarregado e estressado, a introdução de um alérgeno causa uma reação exagerada. Essa inflamação se dá em grande parte em virtude da má alimentação e estilo de vida, mas isso é assunto para outro post!

Um dos benefícios mais surpreendentes dos óleos essenciais é a sua capacidade para combater a inflamação e fortalecer o sistema imunológico.

Image for post
Image for post

Os óleos essenciais para as alergias ajudam a desintoxicar o corpo e a combater as infecções, as bactérias, os parasitas, microorganismos e toxinas nocivas. Reduzem a susceptibilidade do corpo às fontes externas e reduzem a reação exagerada do sistema imunológico quando enfrentam um intruso inofensivo. Alguns óleos essenciais também funcionam para aliviar as doenças respiratórias e aumentar o suor e a urina, ajudando a eliminar as toxinas.

Os 5 principais óleos essenciais para a alergia

Óleo essencial de hortelã-pimenta

Image for post
Image for post

A inalação de óleo de hortelã-pimenta por meio do difusor, muitas vezes, pode desobstruir imediatamente os seios paranasais e oferecer alívio para a garganta inflamada. A hortelã age como expectorante e proporciona alívio de alergias, bem como a gripe, a tosse, sinusite, asma e bronquite. Tem o poder de aliviar o catarro e reduzir a inflamação, uma das principais causas das reacções alérgicas.

Um estudo publicado no European Journal of Medical Research sugere que o tratamento com óleo de hortelã-pimenta tem efeitos anti-inflamatórios, reduzindo os sintomas de distúrbios inflamatórios crônicos, como a rinite alérgica e a asma brônquica.

Como utilizar: Fazer uso de algumas gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta em seu difusor para desbloquear os seios paranasais e aliviar a garganta. Isso também ajudará a relaxar os músculos nasais, permitindo a eliminação do muco e dos alérgenos, como o pólen. Para reduzir a inflamação, tome 1–2 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta pura, internamente, uma vez ao dia. Você pode adicionar a um copo de água, uma xícara de chá ou batido. O óleo de hortelã-pimenta também pode ser aplicado topicamente no tórax, na nuca e nas têmporas, massageando o local. Para as pessoas com pele sensível, é melhor diluir a hortelã com óleo de côco ou de jojoba antes da aplicação tópica.

Óleo essencial de manjericão

Image for post
Image for post

O óleo essencial de manjericão reduz a resposta inflamatória dos alérgenos. Também apoia as glândulas supra-renais, que participam da produção de mais de 50 hormônios que estimulam quase todas as funções do corpo. Essencialmente, o óleo essencial de manjericão está ajudando o seu corpo a responder adequadamente a uma ameaça, fazendo com que o sangue flua para o cérebro, o coração e os músculos.

O óleo de manjericão também ajuda a desintoxicar o corpo de bactérias e vírus, combatendo a inflamação, a dor e a fadiga. Os estudos demonstram que o óleo de manjericão mostra uma atividade antimicrobiana e pode matar as bactérias, leveduras e fungos que podem causar asma e danos respiratórios.

Como utilizar: Para combater a inflamação e regular a reação exagerada do sistema imunológico frente a um alérgeno, tome uma gota de óleo de manjericão internamente e adicione-a à sopa, ao molho para saladas ou para qualquer outro prato. Para apoiar o sistema respiratório, dilua 2–3 gotas de óleo de manjericão com azeite de coco em partes iguais e aplique todas elas topicamente no peito, nuca e têmporas.

Óleo essencial de eucalipto

Image for post
Image for post

O óleo de eucalipto abre os pulmões e os seios paranasais, melhorando assim a circulação e diminuindo os sintomas da alergia. Os estudos têm demonstrado que produz uma sensação de frio no nariz, que ajuda a melhorar o fluxo de ar.

O eucalipto contém citronelal, que tem efeitos analgésicos e anti-inflamatórios; também funciona como expectorante, ajudando a purificar o corpo de toxinas e microorganismos nocivos que atuam como alérgenos.

Um estudo de 2011 publicado na a revista Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine descobriu que o óleo essencial de eucalipto era um tratamento eficaz para as infecções do trato respiratório superior. Os pacientes que foram tratados com spray de eucalipto relataram uma melhora da gravidade de seus sintomas mais debilitantes de infecções do trato respiratório superior em comparação com os participantes do grupo de placebo. A melhoria é definido como uma redução da dor de garganta, rouquidão e a tosse.

Como utilizar: Para tratar os problemas respiratórios associados com alergias, espalhe cinco gotas de eucalipto em casa ou aplique todas elas topicamente em o peito e as têmporas. Para liberar os canais nasais e aliviar a congestão, despeje uma xícara de água fervente em uma tigela e adicione 1–2 gotas de óleo essencial de eucalipto. Em seguida, coloque uma toalha sobre sua cabeça e inale profundamente durante 5–10 minutos.

Óleo essencial de Limão

Image for post
Image for post

O óleo essencial de limão apoia a drenagem do sistema linfático e ajuda a superar as doenças respiratórias. Os estudos demonstraram que o óleo essencial de limão inibe o crescimento de bactérias e fortalece o sistema imunológico. Quando se espalha em casa, o óleo de limão pode matar as bactérias e remover os fatores desencadeantes das alergias no ar.

A adição de 1–2 gotas de óleo essencial de limão a água também ajuda a equilibrar o pH. A água de limão melhora as funções imunológicas e desintoxica o corpo. Estimula o fígado e elimina as toxinas que podem levar à inflamação e a um sistema imunológico hiperativo. A água de limão também estimula a produção de glóbulos brancos, o que é vital para o funcionamento do sistema imunológico, pois ajuda a proteger o corpo.

O óleo essencial de limão também pode ser usado para desinfetar sua casa, sem depender do álcool ou água sanitária. Elimina as bactérias e os contaminantes da cozinha, quarto e banheiro, reduzindo os fatores desencadeantes em sua casa e mantendo o ar limpo para você e sua família.

Como utilizar: misturar algumas gotas com água e pulverizar sobre os sofás, lençóis, cortinas e tapetes.

Óleo essencial de melaleuca (tea tree)

Image for post
Image for post

Este poderoso óleo pode destruir os patógenos transportados pelo o ar que causam alergias. Borrifar o óleo de tea tree na casa matará o mofo, bactérias e fungos. É um agente anti-séptico e tem propriedades anti-inflamatórias. O óleo essencial de melaleuca pode ser aplicado na pele para matar as bactérias e os microorganismos quando diluído em óleo carreador (como o óleo de côco ou amêndoas); também pode ser usado como um limpador doméstico para desinfetar a casa e eliminar os alérgenos.

Um estudo realizado na Alemanha, em 2000, verificou-se que o óleo de tea tree tem atividade antimicrobiana contra uma vasta gama de bactérias, leveduras e fungos. Estes micróbios elevam a inflamação e sobrecarregam nosso sistema imunológico

Como utilizar: Misturar em um borrifador algumas gotas do óleo de melaleuca com água e aplicar pela casa, sobre tapetes, estofados, cortinas, etc. Quando usar de forma tópica, adicione 2–3 gotas em um algodão limpo e aplique suavemente sobre a área afetada. Para as pessoas com pele sensível, primeiro, diluir em óleo de côco ou de jojoba.

Dicas de utilização dos óleos essenciais contra alergias

Dica para cuidar da sua casa: Contra alergias sazonais, desinfete a sua casa com óleo de limão e óleo de melaleuca; isso irá desativar os gatilhos e purificar o ar e os seus móveis. Acrescente 40 gotas de óleo de limão e 20 gotas de óleo de melaleuca em uma garrafa de spray. Enche a garrafa com água pura e um pouco de vinagre branco e polvilhe a mistura em qualquer área de sua casa.

Dica de mistura anti-alérgica — Combine 2–3 gotas de óleo de hortelã-pimenta, eucalipto e lavanda com uma colher de chá de óleo de côco e massageie a mistura nas têmporas, atrás das orelhas e sob os pés.

Observações importantes

Quando se usam esses óleos essenciais especiais para as alergias, não recomendamos tomar o óleo de melaleuca; é melhor utilizar de forma tópica. Quando você usar qualquer um desses óleos de forma tópica, diluir em um óleo portador, especialmente quando usado em peles sensíveis ou em uma área sensível, como abaixo dos olhos ou o pescoço.

Quando são usados os óleos essenciais internamente, consuma apenas 1 a 2 gotas por dia durante um mês. Em seguida faça uma pausa de duas semanas e comece o tratamento novamente. É importante o acompanhamento profissional nesses casos, pois os óleos essenciais são extremamente concentrados, podendo causar alergias.

Importante: A informação contida nesta página é apenas para fins educativos. Solicite ajuda a um profissional capacitado sobre quais óleos essenciais utilizar e a dosagem adequada para seu tratamento. Embora sejam de origem natural, óleos essenciais são produtos extremamente concentrados, podendo gerar alergias e toxicidades.

Esse conteúdo apareceu primeiro no Portal AmoAromaterapia. Visite-nos!

Written by

Somos o maior portal sobre aromaterapia e óleos essenciais no idioma português. Confira nossas redes: https://amoaromaterapia.blogspot.com/

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store