Eu quero ser paz…

Você resolve seguir a vida, se desprender de qualquer relação, não quer mais amarras, quer ser livre, ser bicho solto no mundo…não quer ninguém dependo de você, quer se jogar no vento sem se preocupar onde vai parar…

Você acha que sabe o que quer, você prefere se iludir acreditando que tem as rédeas da sua vida, você segue imaginando que tem o controle da situação, mas a vida é imprevisível. Quando você acha que está no controle, ela te vira, revira, remexe e distorce todas tuas certezas.

Aquela mulher que dizia não se apegar a ninguém, certo dia, se vê sorrindo ao receber um “bom dia, meu amor”…a garota que dizia querer sair pelo mundo sem olhar para trás, agora só quer uma casa com pátio perfeito para crianças e cachorros…a virginiana coração de pedra, que sorria ao ferir corações, hoje sofre apenas por saber que o outro está sofrendo.

É, a vida é transformação…ontem eu queria ser caos, confusão, bagunça e desordem…hoje, só quero ser calmaria, ser abraço casa, ser conforto…

Só quero ser paz…

Quero ser a sua paz!