Notas sobre eu mesma

Queria ser um passarinho

Mas não foi dessa vez

Por isso resolveu voar

Com as asas que a imaginação fez.

Voar eu posso, mas eu quero mesmo é voar por aí sem nenhum plano de vôo, eu quero voar por aí sem que a Juliana, Maria e a Joana me falem que não é assim que se voa, porque elas mesmas não vão voar com as suas asas? Oras. Quero voar por aí mas nem sempre voar pra ir em algum lugar, vocês parecem que nunca ouviram falar em gente que voa pra observar… Eu quero voar por aí e as vezes não quero ter horas pra voltar, então se eu mesma não me der ao trabalho de colocar meu despertador pra funcionar… Por favor, não ache que tem o direito de atrapalhar o meu vôo só porque em sua cabeça já passou da hora que eu deveria parar.

Quero voar sem me preocupar com a altura, e se eu não me preocupo, não se dê a preocupação no meu lugar. Quero voar sem ter nada pra falar, isso não é absurdo, o silêncio é um presente, sincero demais… Nem todo mundo gosta de escutar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.