Por que contar histórias para crianças?

por Ana Claudia Corso

A prática de contar histórias esta presente na história da humanidade desde a antiguidade. O homem adora ouvir histórias. Tem muita curiosidade para ouvir o que as outras pessoas têm a dizer, seja pessoalmente ou por meio de peças de teatro, cinema, novelas ou séries de TV.

As histórias podem ser contadas a partir da leitura de livros ou não.

Muitas narrativas são baseadas nas gerações anteriores, nas experiências do cotidiano ou na própria imaginação do contador. Adultos e crianças se beneficiam deste universo, pois as histórias ativam nosso mundo interno e nos fazem crescer em muitos sentidos.

10 vantagens ao contar histórias para as crianças

1. A criança gosta de ouvir e este “gostar” é, inicialmente, ativado pela riqueza da voz de quem conta. Por isso, deve ser contada com uma entonação rica, que destaca as ideias mais importantes e que dá vida aos personagens. A voz do contador deve ser sedutora e envolvente.

2. Ativa o imaginário. Ouvir, sem ter acesso às ilustrações, gera a imensa possibilidade de criar os cenários e os personagens da forma como desejamos.

3. Promove a reflexão, principalmente pela empatia e pela identificação com certas situações e personagens.

4. Proporciona conhecimento. Sempre há muito o que aprender com uma história. Envolver-se com a narrativa possibilita viajar para lugares desconhecidos, impossíveis e em outros tempos.

5. Auxilia na resolução de conflitos internos. Através dos desafios, dilemas, dores e conquistas das histórias é possível buscar novas soluções para acalmar o coração.

6. Tem efeito terapêutico. Ao ouvir histórias, muitas emoções são despertadas nos trazendo força e esperança para novas realizações.

7. Fortalece os vínculos. Os pais devem se apoiar neste recurso para abrir a porta do diálogo e para ativarem a autoestima da criança. Toda criança se sente amada após escutar o pai ou a mãe dedicando seu tempo a ela ao contar uma história.

8. Desenvolve e amplia a linguagem. Palavras, contruções frasais, significados, sequência lógico temporal e outros padrões da língua servem como modelos a serem adquiridos e imitados.

9. Treina a habilidade de escuta, comportamento imprescindível para aprendizagem e interação social.

10. Quando a história é contada a partir de um livro, se estabelecem os primeiros conceitos referentes a escrita.

As crianças precisam das boas histórias que você tem para contar.

Abraço,

Ana Cláudia