MAJESTADE

O bom de ser rainha é saber que você não é a primeira e possivelmente não será a última. O trono é rotativo e é óbvio que para que você tenha chegado la (e chegado como Rainha) alguém já usou essa coroa antes. Mas a melhor parte sobre ser uma rainha é saber que nenhuma coroa é igual a outra. Eu governo agora e em meu reinado decidi revolucionar as coisas no palácio.

Antes de mim, essa coroa era de ouro e cravejada de pérolas. Não gosto do ouro. Seu dourado parece ofuscar o meu próprio brilho. Ficarei com a prata e seu pálido brilho de estrela no céu. Quanto às pérolas, não as conheço pessoalmente. São demasiado puras e ingênuas para adornarem meus cachos castanhos. Pureza como a das pérolas eu jamais tive, muito menos anseio ter. Seu brilho é estranho e não se decompõe em sete cores quando as aproximamos do sol. Substituirei as pérolas por safiras, das mais azuis, e por diamantes, bem lapidados e brilhantes.

Meus vestidos não terão a delicadeza, doçura ou o comprimento da rainha anterior. A verdade é que sou baixa, vestidos curtos me valorizam mais. Eles não serão doces, serão ácidos, como a minha personalidade, e naturalmente provocantes.

A cama, cobrirei com lençóis de seda azuis, o azul daquele céu que eu conheço como ninguém. Os travesseiros serão brancos e macios como nuvens, e eu me sentirei dormindo junto às estrelas.

Os corredores achei muito mal decorados com esses seus quadro. Eu retirei todos, eu mesma, e os guardei em um depósito no fundo do castelo. Vossa majestade talvez prefira queimar, mas eu não farei isso com suas memórias. Eu coloquei quadros novos, todos pinturas de sonhos planejados para acontecer.

Na sala de jantar, coloquei uma mesa nova. Porque uma mesa tão comprida se nos sentamos em extremidades opostas delas? Não há necessidade de aumentar a distância.

Eu também entrei na cozinha. Na verdade não entendi o porque daquelas comidas. Ensinei aos cozinheiros tudo o que eu sabia cozinhar (que honestamente não é pouca coisa) e lhes disse que tudo o que fosse servido deveria ser aprovado por mim primeiro. Se eu tivesse mais tempo cozinharia eu mesma.

O salão de baile não entendi bem porque existia se vocês não celebravam, com bailes, a chegada de cada estação. Resolvi decora-lo para a primavera, pois era a próxima estação que chegaria.

Se não se incomoda, as suas coisas que você deixou pra trás, distribuí ao povo. Elas terão melhor uso dispersadas do que guardadas no palácio, expondo as dores aos outros.

Ah, quase me esqueço! O trono eu mandei estofar de novo. Sabe como é, eu tenho que causar um grande impacto e eu achei o veludo vermelho beeeem demodè. Espero que não se incomode, mas também mandei encher os braços, os pés e o encosto de pedras preciosas, para que eu possa brincar com elas quando minhas unhas estiverem grandes.

Tem só um último detalhe, querida antecessora. Tive que acrescentar um outro trono. Apesar de fria Rainha do Gelo, eu não governo sozinha.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Ana Gabi Cordeiro’s story.