Home office do céu

“Ai que delícia, você trabalha em casa? bom, né? Dá pra cuidar dos filhos, da casa, lavar roupa, passar, banheiro cheirando pato purific, pé e mão, sobrancelha mais linda que a das trava na sexta à noite”.

e a gente aqui, com o guarda roupa inteiro no cesto de passar, as criança sem almoço quase duas da tarde e o deadline do cliente que manda e-mail igual spam e cê já nem sabe qual foi a última teta que a bebê mamou. E o filho chora e te chama pra abrir pacote de bolacha , te chama porque o mais velho não quer brincar, te chama porque a fada do dente não deixou a moeda. Que mãe é essa que esquece de botar a moeda debaixo do travesseiro da criança? e a bebê acorda porque mamou a teta errada e a barriga não encheu e tá com fome. Cai a Internet, cê esqueceu de pagar o boleto e não tem cueca, mãe, pelamordedeus cadê minhas cuecas?! quebra duas unhas, desmarca a manicure que não vai dar tempo de novo e a tia já nem anota mais tanto que cê já disse que ia e não foi.
e a sobrancelha? ah, tá em dia, home office, cê sabe, né? dá tempo de fazer tudo!