Tuas janelas

Já dizia Álvaro de Campos, só as criaturas que nunca escreveram cartas de amor é que são ridículas. O mesmo é válido para escrever sobre os olhos mais lindos que já vi. O texto a seguir é tão ridículo quanto uma carta de amor, mas seria mesmo ridículo se eu jamais o escrevesse.

Se os olhos são a janela da alma, essa é a janela mais bonita que eu já vi na minha vida. Já ouvi tantas comparações, poemas, textos, hipérboles e canções sobre sentimentos causados pelos lindos olhos verdes que até pensei já ter sentido essas coisas. Mas quando a gente sente na pele, quando a dor passa da nossa janela, toca num lugar tão profundo no peito, que achávamos que nem existia, aí sim eu entendo essas comparações românticas.

Logo eu que nunca gostei de decoração, parece que vi em você aquelas peças raras e tão caras que nunca poderiam ter sido conquistadas por mim. Foi quando senti em todo o meu corpo o efeito dos seus olhos, que percebi o seu valor. A janela mais preciosa que eu nunca toquei, só admiro, como se fosse o meu tesouro.

Fico me perguntando, o que eu fiz pra merecer olhos tão grandes, bonitos e sinceros olhando pra mim, generosamente fixados no meu rosto por um jantar inteiro. Genuinamente seguiam meus gestos, sem querer outras mãos, bocas e pares de óculos.

Aqui dentro do meu peito existe silêncio e, quando vejo seus olhos verdes, me sinto num lugar paradisíaco. Seus olhos me levam para lugares que eu nunca fui. Viajo para destinos magníficos como as ilhas gregas. Vou até um chalé na Indonésia e depois para uma praia no Caribe. Navego feliz com um sorriso no meu rosto, que combina com o seu.

Quero que esse texto fique tão bonito e tão sincero que você possa tocá-lo com seus olhos. Eles são tão preciosos que eu não gostaria jamais, de um dia pensar que perdi esse seu olhar. Esse mesmo, tão puro quanto de uma criança.

A janela da sua alma é tão bonita que até duvidava que, quando aberta, poderia ser tão linda por dentro. Nos seus olhos eu vejo um verão interminável, uma casa lindamente bucólica, com crianças correndo ao redor dela. Vejo muito amor, muita bondade. Nem quando eles deveriam ser ardentes, consigo ver um desejo lascivo. Você me deixa ver um desejo genuíno e único. Suas janelas mostram que você está lá porque deseja, porque não existe outro lugar no mundo que você gostaria de estar, senão me mostrando cada detalhe da sua alma.

Gosto das suas janelas, porque elas ficam aumentadas por detrás dos vidros. Dando uma certa distância, guardando com cuidado a preciosidade que são. Olhos foram feitos para ver, mas os seus vieram para iluminar o mundo. Certamente são janelas maravilhosas que se abrem para um interior tão florido, que não cabe no peito e transborda sempre que as emoções chegam na superfície da pele.

Acho graça que você me olha nos olhos, mas não me intimida e nem me desnuda. Você me convida e aos poucos abro as janelas castanho-escuro da minha alma, lentamente. Para mim, ainda é estranho sentir. É primitivo, é natural e humano, mas sempre que sinto um novo arrepio, não consigo colocar em prosa ou poesia esse chacoalhão no meu ser. Parece que sinto com o intelecto, mas sempre que consigo, me permito transbordar. E basta você olhar pra mim, que minhas barreiras ficam no chão. Me sinto indefesa e segura.

Uma pena que esses mesmos olhos te impeçam de realizar o seu maior sonho e nunca consigam enxergar meu vestido laranja, que você insiste em dizer que é amarelo. Tudo bem, eu aceito, em meio a tanta beleza, ser pelo menos um girassol no lindo jardim da sua alma. Quero que você continue vivo e permaneça me olhando profundamente, para que eu continue escrevendo textos de amor como este, ridículos.

Ana Lethicia Maezano

Written by

Jornalista, amante de livros e cafés.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade