Sobre expectativas, autopreservação e “pensamentos template”.
Caio Braga
32

Eita… estava pensando sobre isso essa semana! Aconteceu um fato que me deixou chateada e fiquei ainda me culpando por estar me sentindo mal, pois, de acordo com o pensamento raso do momento, eu que estava errada por gerar expectativas. Aí a gente reflete um pouquinho e vê que esse tipo de pensamento faz mais mal do que a própria frustração às expectativas, afinal de contas além de ter a frustração, tinha a culpa. E, se a gente não quebrar os ditados da “grande sabedoria” por meio do simples fato de escutar a nós mesmos e entender o que se aplica e o que não se aplica a nosso jeito de ser, vira uma bola de neve de sentimentos negativos.

Concordo plenamente com você! Quem tem expectativa é quem deseja o bem, quem tem esperança. Se eu tenho sonhos e planos, é claro que vou ter expectativas com relação aos mesmos! Como não? Assim, viveríamos uma vida completamente morna e indiferente. Então, é importante equilibrarmos a expectativa, como você disse, e aprender a lidar com as frustrações de maneira saudável, tomando cada experiência como aprendizado.

Suas palavras, mais uma vez, vieram muito a calhar, para aquietar um coração que às vezes se aflige. :)

Like what you read? Give Ana Paula Batista a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.