A viagem ao centro da Ana.

Foto escolhida pela autora. Comentário: Não seria ninguém além de mim.

Quem sou eu?

  • Ana Paula Monte Cruz
  • 19 anos
  • Brasileira
  • Cabelos e olhos castanhos

Gosta de:

  • Dias frios com o céu azul
  • Café com leite pela manhã
  • Música
  • Filmes inspiradores
  • Estar apaixonada
  • Boas trilhas sonoras
  • Fotografia
  • Estar com os amigos
  • Desenhos animados
  • Nebulosas e buracos negros
  • Dançar até morrer
  • Cantar até ficar sem voz
  • Musica clássica para inspirar
  • Viver e imaginar situações cinematográficas
Foto escolhida pelo melhor amigo (Victor Enger) | Comentário: ‘’Você é determinada e persistente, sabe lidar bem com as pessoas e com as situações. Sabe o que quer.’’

Ela tem:

  • Gênio forte
  • Uma imaginação que voa
  • A criatividade a flor da pele
  • Opinião firme
  • Uma personalidade extremamente forte
  • O cabelo colorido

Ela é:

  • Forte
  • Carinhosa
  • Muito teimosa
Foto escolhida pelo ex namorado e companheiro para vida toda (Rodrigo Coronato) | Comentário: ‘’Olha pra mim, Rodrigo, numa visão mais profissional e para o público, você é uma mulher muito entusiasmada com as coisas que gosta, e não se importa se jogar de cabeça em algo que ama. Se importa com a opinião do coletivo e sabe muito bem aceitar uma crítica ou saber a hora que está errada, coisa que é muito importante! Mas não quer dizer que você desiste fácil quando ouve algo que não gosta (é uma coisa boa!). Sempre da seu melhor e profissionalmente mantém sempre uma posição mais séria e durona (no mundo corporativo a tought Ana é boa) mas sempre disponível para uma conversa pra ver como estão as coisas. Agora do lado emocional é uma coisa diferente e eu tenho como comprovar, ok? Eu vejo uma Ana com muito amor pra dar mas não sabe demonstrar isso, só para aqueles que se aprofundam nesse mar turbulento de sensações mistas, mas quando o mergulho é profundo você vai sentir que a beleza daquele fundo de mar valeu demais a descida e vai querer ficar por lá… Que é muito leal a aqueles que ficaram do seu lado e não troca eles por nada, só acrescenta aqueles que sobreviveram a viagem. Muito carinhosa, mas muito insegura de quando se soltar, e de se abrir de um modo geral. Um pouco imediatista demais, mas é o espírito dela, não tem como mudar uma leoa né? É insegura pois ainda não mergulhou no próprio mar, vê se pode? Então ela acha que essa bagunça de mar agitado é aquilo que ela vê no espelho, mas está longe de ser aquilo, longe mesmo… E eu como um bom estudante de biologia procuro não julgar nada que pareça dar medo de cara, como esse mar, mas sim fazer parte dele e descobrir um universo dentro dele.’’
  • Tagarela

Ela sonha:

  • Em ter uma biblioteca musical
  • Conhecer a NYFA (New York Film Academy)
  • Em ter um lar para animais abandonados
  • Levar a sua mãe para Paris
  • Levar seu pai para Portugal
  • Ser feliz acima de tudo

O maior medo é:

  • Da morte
  • Do esquecimento

Uma frase:

‘’Nem tudo que balança cai, nem tudo que reluz é ouro.’’

Uma musica:

Prazer, eu sou Ana Paula e obrigado por me conhecer.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.