O conflito dos humanos

Nós só estamos assustados
 abaixo de tudo o que somos
 e temos o direito de ficarmos calmos
 mesmo que não saibamos o que nos explique tudo isso
 Estou sentado em meu interior
 movendo-me por dentro de mim
 Ainda com as ameaças subjetivas
 nos terrores de minha alma
 mas que não são de minha alma 
 torno-me vencido por um exército de sujeitos
 que não venceríamos 
 nem se as coisas fossem de outra forma
 veríamos seus aviões
 como vemos agora
 como suas forças de nossas fraquezas
 um anúncio de que vencê-los
 enquanto voem será impossível.
 Um pássaro vai descer sobre nossas consciências
 e de dentro de um carro
 e de um parapeito da Lua
 a felicidade fará chaminés em minhas orelhas
 enquanto descem do céu
 os homens com fome
 de apetites como tenho apetites
 e então nos percebemos num horizonte,
 todos nós na mesma linha.