Cara, eu já mergulhei numa porrada de sonho doido mas nenhum deu certo.
escritor ruim
21

Sim, sim. Mas a ideia não é dar certo.

No final, todo mundo vai morrer, então não tem muito como dar certo, mesmo.

A questão, pelo menos para mim, é ser ou não ser quem você é. Pagar o preço de viver a vida nos próprios termos — porque isso vale mais que ‘dar certo’ no sentido tradicional de sucesso material (nem sei se é isso que você está falando…).

Ou, em outras palavras: melhor viver tropeçando em um caminho que é o seu do que ser campeão de um jogo que, afinal de contas, você nem queria estar jogando…

Show your support

Clapping shows how much you appreciated André Camargo’s story.