O que fazer quando sentir raiva

Como lidar com a raiva? É melhor engoli-la?
É melhor explodir com alguém?
É melhor mentir para você e para os outros, dizendo que não está com raiva quando, na verdade, está?
Como se sentia quando alguém estava com raiva de você?

A raiva é uma reação às frustrações acumuladas. Acontece quando o sentimento de poder pessoal é negado ou infringido.

É uma das emoções mais poderosas que um ser humano pode ter. Talvez porque o ímpeto que propicia a raiva seja a paixão, e a paixão é a força-motriz da vida.

Por isso, as pessoas que não sabem processar e expressar sua raiva também parecem ter dificuldade em expressar sua paixão.

“Você nunca sente raiva pelo motivo que acredita estar sentindo” é uma das premissas básicas apresentadas no livro “Um curso dos milagres” da “Foundation for Inner Peace”.

Ele ensina que a raiva é a reação do eu à crença de estar sendo atacado.

O Eu crê que pode ser atacado porque acredita que somos seres separados.

Entretanto, como formamos uma unidade aos olhos de Deus, é impossível que sejamos atacados, porque Deus não pode ser atacado.

Por isso, a maioria de nós tenta descobrir o que fazer com relação à raiva quando está com raiva. E todos nós achamos que estamos cobertos de razão quando a sentimos.

Quando contruí minha casa queria que fosse um lugar aconchegante e de sonhos. Mas estava construindo esse sonho com raiva.

Piorou quando acordei um dia com meu banheiro inundado pela chuva da noite anterior… E mais ainda quando percebi o quanto o pedreiro e o eletricista desperdiçaram e roubaram material.

Piorou mais ainda quando o relógio do meu avô sumiu.

— Esse cara é um porco.

Talvez seja mesmo, mas que escolha eu tenho quando estou com raiva de um divino filho de Deus engenhosamente disfarçado de porco?

O que foi que aconteceu comigo?

Eu esqueci que os pedreiros iriam embora no final da obra. Eles não faziam parte da casa.

Pare de tentar ver sentido no que não faz sentido.

Mais cedo ou mais tarde tudo vai ficar claro.