Você pensa?

10 de outubro é o Dia Mundial da Saúde Mental

O que é saúde? Geralmente pensamos na saúde numa só área: a física. Aquilo que podemos tocar e visualizar, o nosso corpo até o limite da nossa pele. Claro, é com ele que vamos para todos os lugares por onde andamos. Isto é verdade. Entretanto a saúde tem várias áreas: física, espiritual, social e emocional. A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a saúde como um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente a ausência de afecções e enfermidades.

Escrever sobre a saúde mental é um prazer para mim pois entendo que a mesma implica em estarmos bem conosco mesmos e com as outras pessoas. Com uma boa saúde mental temos atitudes positivas para conosco, e ampliamos e aprofundamos relacionamentos. Temos a clareza mental para saber lidar com as diferentes situações da nossa vida, com as emoções boas e as ruins. Caso não saiba, podemos e vamos sentir emoções boas e ruins, não há como fugir, entretanto, temos o poder de escolher o que iremos fazer com o que sentimos.

Se estivermos num momento de luto, pela morte de alguém, sentiremos tristeza. Lidar com ela pode ser expressá-la da maneira mais coerente para nós: uns irão chorar, outros irão sentir desprazer em atividades que gostam, já para outros será ficar mais próximo da família e assim por diante.

Se recebermos a notícia de um convite para uma festa de pessoas queridas, seguramente sentiremos alegria e satisfação. Provavelmente iremos já imaginar o dia da festa e o encontro com os amigos com os quais gostamos de estar juntos.

Assim, viveremos de aventura em aventura se deixarmos as nossas emoções se manifestarem devidamente.

Outro ponto importante sobre a saúde mental, o qual normalmente é ignorado, é a cidadania. Sabermos quem nós somos, a qual lugar pertencemos e agirmos com dignidade conosco e com as outras pessoas é um sinal da nossa saúde mental. Todos temos direitos e deveres. A nossa capacidade de escolher adequadamente entre o que desejamos e o que devemos fazer é um outro componente da saúde mental.

Você já assistiu o filme Divertidamente? Uma obra de arte que veio para auxiliar mais na compreensão do nosso mundo psíquico. Nele vemos as nossas emoções e sensações bem representadas: alegria, tristeza, raiva, medo e nojo. É um olhar para dentro de nós mesmos de uma maneira educativa, para nos entendermos. Conforme a Riley ia crescendo tanto física como mentalmente, ela experimentava sensações de prazer e desprazer. No cérebro dela, as emoções iam se manifestando em pensamentos e atitudes. Nós somos feitos de emoção e de razão. A integração entre os dois traz respostas equilibradas que contribuem para nossa saúde mental.
 
Chamo de vivência, um dos psicodramas públicos que venho dirigindo ultimamente. O tema é “Cena Temida: Qual é a sua?”. Após uma das vivências, um dos participantes verbalizou que não tinha imaginado refletir sobre como ele age, sente e pensa. Ter participado desse encontro grupal o fez começar a pensar nele mesmo e no seu comportamento. Um bom passo para cuidar da sua saúde mental. Não duvide: é importante começarmos — se ainda não o fazemos — a pensar sobre o que precisamos fazer para cuidar da nossa saúde mental.

Tenho algumas dicas básicas sobre como começar:

  • Faça o que gosta
  • Tenha sonhos e objetivos
  • Descanse apropriadamente
  • Exercite o seu corpo com regularidade
  • Dê atenção ao essencial
  • Aprenda a relativizar situações difíceis
  • Repense a sua atitude frente às doenças mentais

Se você não estiver conseguindo fazer isto — que é o básico — sozinho/a, os profissionais da saúde mental, psicólogos e/ou psiquiatras, estudaram bastante e tem prática especializada para te ajudar. Pode contar com eles.

Cada 10 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Saúde Mental. O tema da comemoração em 2016 são os Primeiros Socorros Psicológicos, e concentrará seus esforços em melhorar a consciência e compreensão dos primeiros socorros psicológicos e como eles podem e devem ser usados em eventos de crise para apoiar as pessoas em perigo. Participe desse esforço, no mínimo, conversando com teus amigos sobre o assunto. Tenho certeza que você e eles vão se beneficiar.

Visita minha página no FB