A principal lição revelada pelas delações da Odebrecht que pouca gente entendeu
Leandro Ruschel
47933

Acho muito legal aqui ficarem tentando fazer paralelo com os Estados Unidos, mas amiguinho o que funciona (ou melhor funciona capenga) na América, não funciona no Brasil. Vamos começar falando das relações profissionais, nos Estados Unidos reconhecimento profissional é prioridade e por isso eles têm todos os melhores profissionais do mundo, lá se mantém quem trabalha direito, aqui no Brasil não o método de reconhecimento profissional aqui é pros chegados e para as panelinhas (inclusive na iniciativa privada), se dá bem aquele que se relaciona melhor com o chefe e por aí vai, o Brasil ainda é o mesmo da época do Império e da escravatura, nada por aqui mudou. Cara você já imaginou a galera da favela escolhendo o Xerife e os Juízes de primeira instância. Rapaz sai desse mundo de unicórnios e faz alguma de boa pra você mesmo que é trilhar um caminho para sair dessa pocilga, isso aqui não têm mais jeito.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.