Conhecendo o André

Meu nome é André Luís Trigo Fernandes, tenho 28 anos, nasci na cidade de Itanhaém, litoral de São Paulo, passei a maior parte da minha vida aqui, onde cresci e estudei, até 2012 quando iniciei o bacharelado em Engenharia de Computação, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, no campus da cidade de Pato Branco, a meu ver foi onde minha vida adulta começou. Morar sozinho e ter responsabilidades que não existiam até então, além da mudança obvia na parte acadêmica, o curso de engenharia desde o começo prepara você para resolução de problemas, acredito que isso fez com que meu amadurecimento viesse mais depressa, me orgulho muito dessa fase, pois foi ali que venci muitos obstáculos, intelectuais e pessoais, para obter o diploma de bacharel. Através dessa conquista, que vieram também os aprendizados, como paciência, respeito e comunicação. Acredito que faria tudo diferente se já pensasse como penso hoje, teria sido mais paciente, não agiria de maneira impulsiva quando deveria ter tido calma e principalmente teria dialogado mais, porém não teria esse discernimento se não existisse esse passado em minha vida.

Durante o final da graduação, minha vida tomou um rumo diferente de um estudante de engenharia convencional, enquanto formatura e procurar um emprego estavam na cabeça de todos ao meu redor, além destas preocupações eu tinha acabado de receber a noticia que seria pai de um menino lindo, que hoje escrevendo essa carta posso afirmar que foi um divisor de águas em minha vida, antes do Benício e depois do Benício, as responsabilidades que parafraseei acima nem são mais nada comparadas as atuais, antes as situações apenas envolviam a minha pessoa, hoje sempre antes de fazer qualquer movimento ou ação, penso quais seriam as consequências para meu filho. Gerar uma vida é algo inexplicável, hoje não há nada que eu faça sem pesar as consequências, devido a essa ligação biológica que terei o resto de minha vida.

Uma característica pessoal que sempre ouvi das pessoas ao meu redor, que a meu ver sempre foi marcante é o meu jeito de ser, sou uma pessoa alegre e sorridente, quando eu dou risada contagio todos ao meu redor, muitas vezes contando uma piada sem graça nenhuma, e ao fim da piada eu dava risada e todos davam risada também, mas riam junto comigo contagiados pelo meu riso e não necessariamente pela graça da piada. E tento levar isso sempre comigo, porque em qualquer lugar sempre terá alguém com problemas, e a luta que a pessoa está passando não tem nada haver com a sua e vice-versa, um sorriso e uma risada nem sempre ajudam, mas rir sempre será considerado o melhor remédio.

Desde criança sempre fui curioso, característica que tenho até hoje, naquela época a tecnologia estava expandindo cada vez mais, e sempre me vinha a mesma duvida, como que as roupas entravam sujas na máquina de lavar e saiam limpas, sem ninguém mexer, passava horas imaginando como que aquelas ações sempre iguais e sequenciais eram administradas, como funcionava as engrenagens por dentro, ai que nasceu a ideia de cursar Engenharia de Computação, hoje tenho uma ideia de como funciona uma máquina de lavar por inteiro. Sempre que posso pesquiso sobre novas tecnologias, principalmente quando se trata de automação de processos, como minha curiosidade sempre prevaleceu à ideia de automatizar tudo sempre passa pela cabeça.

Para minha carreira, sempre imaginei fazer o que gosto, automatizar os processos de qualquer área envolvendo tecnologia, programação e sequencias lógicas de passos pré-determinados, para resolução de certos problemas, pois isso é o que mais faz sentido em minha mente, os processos sendo resolvidos automaticamente e da melhor forma possível. Foi para isso que dediquei anos de estudo e anseio por colocar isso em pratica, e por fim acredito que a Johnson & Johnson seja o lugar certo para que este desejo de criança seja concretizado, desde a linha de produção, até o departamento financeiro, a tecnologia é nossa aliada e nos auxilia na tomada de decisões.

Sempre tive um pensamento diferente da maioria, nunca tive o sonho de ter o acumulo de bens, uma lembrança vale mais que qualquer quantia monetária, gostaria de aliar a tecnologia com algo que ajudasse a humanidade, e que isso fosse perpetuado para a eternidade, como a pessoa que inventou a tomografia computadorizada, e auxiliou na descoberta de vários tipos de câncer e no seu tratamento precoce.