O Whatsapp, a “classe média” e o mundo underground do conteúdo
Eden Wiedemann
1.3K65

Muito bom o artigo. No mínimo estranho cobrar por isso, mais se tem cliente, está certo!

Inclusive existe um site que gerencia estes grupos de whatsapp (pelo que ví públicos e com entrada franca, rs)

http://www.gruposnowhats.com/

Show your support

Clapping shows how much you appreciated André Mafra’s story.