Como se hospedar de graça ou pagando quase nada

Está querendo economizar para estender mais a viagem?

Imagem :Stock Up

Quando se fala de viagem nos deparamos com dois perfis diferentes : o turista e o viajante. Apesar de ambos adorarem colocar o pé em um lugar diferente, um quer passear e conhecer superficialmente enquanto o outro quer explorar mais aprofundadamente. [ Vou deixar isso para outro post ]

Mas em ambos uma coisa “pipoca” na mente quando bate a vontade de viajar : o orçamento. Não adianta fugir, a primeira coisa que pensamos é se o orçamento dá ou se a grana ta curta.

Quando falo para os amigos que é possível viajar gastando bem menos do que eles imaginam, muitos não acreditam. Pegue uma planilha e comece o planejamento da sua viagem.Inclua as passagens, a hospedagem, alimentação e tudo mais que você pode gastar nem que seja uma moedinha.

Logo você irá perceber que a hospedagem fica bem salgadinha naquele quarto com vista maravilhosa em um hotel incrível no destino escolhido. Mas se você trocar o hotel por um hostel? E se você abrir mão do seu conforto mais ainda? E se um local te receber em sua própria casa?

É galera, é nesses “se” que moram as surpresas. Nessa listinha feita com muito amor, mostrarei para vocês formas de se hospedar gratuitamente ou gastando beeeeem pouquinho. Tem pra todos gostos!

Dá uma olhada!


TOTALMENTE GRATUITO

  1. O couchsurfing é o primeiríssimo da lista e o mais difundido das redes de hospedagem, contando com mais de 4 milhões de usuários pelo mundo. A comunidade leva a sério a ideia de “uma mão lava a outra”. Nele as pessoas irão te receber dentro da suas próprias casas, oferecendo um sofá, um colchão ou uma cama gratuitamente. Quem te recebe vai ter a oportunidade de entrar em contato com outra cultura enquanto você terá um cantinho para dormir e até mesmo ter um parceiro na hora de dar aquele rolê. Ah, a rede tem seu sistema de segurança mas vale a pena DEMAIS pesquisar dicas para aproveitar ao máximo essa rede.

2. O The Hospitality Club não é novidade para os viajantes de carteirinha. Ele segue a linha do de Couchsurfing só que com uma carinha beeeem mais simples, mas nem de longe menos eficiente. O lema deles é “aproximando pessoas”. Ele também é seguro, está nos 4 cantos do mundo e também tem milhares de usuários. O site pode ser visualizado em diversos idiomas e o registro é feito de forma simples. Fala se não é bom demais ser recebido por quem realmente te quer lá ?!

3. O Global FreeLoaders é outro que você deve se cadastrar quando estiver procurando hospedagem gratuita. Já na “home” do site os criadores dizem “É uma comunidade on-line, reunindo pessoas para te oferecer alojamento grátis em todo o mundo. Economize dinheiro e faça novos amigos, enquanto vê o mundo a partir da perspectiva de um local!” . Do mesmo jeito das opções anteriores: simples, gratuito e seguro. Corre lá!

Existem outras redes de hospedagem gratuitas funcionando por todo mundo e tem até para quem está viajando de bike! Mas para não ficar muito grandeo post, coloquei as principais, depois eu faço um especial só delas. 
Vale reforçar que apesar dos criadores fazerem de tudo para que sua hospedagem seja segura, é sempre importante pedir o máximo de informações, conferir tudo que puder. Ah, por favor, escreva com o coração para cada Host que você se candidatar. Eles querem saber quem realmente são as pessoas que ficaram no espaço que eles abriram com tanto carinho.


TROCA DE TRABALHO POR HOSPEDAGEM

4. O Worldpackers é maravilhoso de tantas formas que nem sei por onde começar. “Viaje, colabore e aprenda.” Nessa rede você irá oferecer suas habilidades ou desejo de aprender em troca de um cantinho. Os anfitriões podem colocar como recompensa um quarto privado, refeições, atividades, aulas ,até mesmo carona e entre outros!. Dedique uma parte do seu tempo para ajuda-los, tenha suas folgas, conheça pessoas de diversos lugares enquanto aproveita sua viagem. Não tem como não amar né ? É muita responsabilidade social, cultura e amor em um só lugar.

5. O Hopineo é uma comunidade internacional que acompanha a tendencia de um turismo mais “verde”. Aqui você pode encontrar estágios, empregos e claro, hospedagem e comida em troca da suas habilidades. O site tem somente 3 idiomas, mas nada que um click com o botão direito + TRADUZIR ESSA página não resolva. Simplesmente sensacional!

6. O Go Cambio tem a mesma proposta do Worldpackers. Pegue o que sabe fazer ou sua vontade de aprender e troque por hospedagem. Ele está em diversos países, incluindo os da Europa. E a melhor parte: você não paga nada para participar!


Cuide da casa de alguém

7. O Trusted Housesitters é para quem ama os animais ❤ 
Nessa modalidade de hospedagem ( Housesitters) você irá cuidar da casa e do pet do proprietário enquanto ele viaja. Essa troca está pegando muito bem fora do Brasil e se você for pra Oceania então, não vai faltar oferta. O Trusted é a maior plataforma de Housesitters e com maior quantidade de anfitriões, mas o Pet Sitter deve paga uma taxa de adesão para usar. Uma casa só para você e pets lindos para te fazer companhia? Não tem coisa melhor!

8. O House Care não é necessariamente para cuidar de bichinhos, é para cuidar da casa do proprietário. Essa rede se difundiu bem na América do Norte e na Austrália, então quem for ver os Cangurus e dar rolê na Califórnia, vale conferir as ofertas daqui!

9. O Luxury Housesitting pegou bem na Europa e na América do norte e tem uma taxa de adesão pequena. Casas no campo, em cidades badalas, de grande ou pequeno porte, aqui você vai encontrar aquele espacinho para chamar temporariamente de seu ❤!


10. Acampe!

Se você tiver paciência de procurar e ter atenção, acampar pelo mundo é de graça ou beeeem baratinho. A surpresa? Acordar com uma vista de tirar o fôlego ou um policial “batendo” na sua barraca.
O que não falta é campings nos países, tenho certeza que você encontrará um que seja exatamente o que precisa!

Você conhece alguém que ta indo pegar a estrada? Click no ❤ verde e recomende para ele!