Clara em neve

Jovem mulher corajosa
Sem precisar ser invejosa
Beleza de acidente genético
Elenca virtudes no modo alfabético

Amante mais que apaixonada
Jamais demonstrando pavonada
Encarando a todos desde muito cedo
Com a coragem de quem desbrava um balcedo

Conciliadora com sabedoria
Constrói a própria aposentadoria
Digna da minha admiração

Eu a chamo de cunhada
Protejo-a com punhada
Fonte desta inspiração

Timóteo, Minas Gerais, 3 de julho de 2016, às 2h17.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.