eu só sei falar de amor

Queria escrever aquela
poesia que tocasse
até o coração da 
capricorniana mais fria
mas
eu só sei falar de amor

Eu queria transmitir
a dor que sinto não só
em linhas retas mas
nas quebradas e tortas e cheias de nós
mas eu só sei falar de nós

Queria encontrar um assunto
novo, algo interessante
mas eu só sei falar de novo
sobre o mesmo rumo,
mesmo caminho
de espinhos
que todo mundo sabe que é nosso
que é meu, que é ninho

Queria falar de paz ou
das cores da primavera
queria rimar com tudo mas
só faço poesia brega

Só sei falar de amor
só sei te colocar no meio
dessas linhas todas feias
tão minhas sem segredo
que te amei bem mais que pude
que te amo mais do que posso
que ainda te amarei até não mais suportar este calor
que é ter dois corações batendo dentro
do meu peito podre
de amor