Só vai que o tempo vem.
Ele é cruel, mas é rápido.
Um dia, aquele dia, vai chegar.

Vem tempo e faz teu trabalho.
Escorre entre meus dedos e me aniquila.
E eu só quero que passe rápido.
Pra um dia ser estrela, rocha, o que for.

Este peso que eu carrego
a todo tempo me lembra
que nada disso faz sentido,
Todo mundo ta perdido!

Meu deus, o que será de nós?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.