Sobre afundar, sair do poço e tropeçar outra vez
Marco Rigobelli
171

Você me fez mergulhar na sua crise com você. Senti como se alguém entendesse cada momento, cada segundo do “agora” das minhas crises de ansiedade. As similaridades são absurdas. Que texto visceral, Marco Rigobelli. Te agradeço por conseguir colocar em palavras tão bem ditas o que sinto. Me senti menos sozinha no mundo. Te desejo força, sobretudo. Um abraço apertado.

Like what you read? Give Annieway a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.