Playlist

Eu te fiz uma playlist. 
Eu te fiz varias playlists até hoje e a maioria você não notou, como a que te fiz recentemente. Eu entendo, não precisa se explicar, você não usa mais o spotify e sinceramente nem eu tenho usado ultimamente.
Eu te fiz oito playlists. Oito. Incontáveis músicas que cada vez mais entram nas nossas sountracks e que me fazem pensar em você/nós. 
Porém dessas oito essa é diferente. Fiquei em dúvida de qual titulo colocar, normalmente coloco algum quote de alguma musica que faça sentido (caso nunca tenha percebido isso) e só conseguia pensar em “ You broke me like a mirror, seven years keep adding up” mas eu sei que não sou um espelho para continuar sendo quebrada tantas vezes, uma após a outra, mas a questão não é essa. 
A questão é o motivo da playlist, um motivo que provavelmente nunca vai entender e tudo bem, não espero isso de ti. Aprendi a parar de esperar de ti da mesma forma que você parou de dar notas para as coisas que te pergunto(usar as mesmas que as minhas não conta).
Caso esteja interessado sobre a playlist, você não irá gostar dela. Na verdade nunca sei se você gostou de alguma mas tenho certeza que dessa não irá gostar. 
Cada musica foi selecionada com cuidado. Cada musica fala aquilo que gostaria que soubesse, aquilo que você nunca mais perguntou, mas que está aqui presente já faz um tempo. Cada musica é uma parte de nós, uma parte de mim.

Eu te fiz uma playlist.
Eu te fiz oito playlists.
E pode ser que essa seja a ultima.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Vitoria’s story.