Esquisitices da Física (Vida) — Sintonia Quântica

Resumidamente, o que a física quântica nos mostra é que tudo o que existe é energia e surge de um campo que permeia o material e o imaterial interconectando tudo e todos. O meu objetivo é mostrar como essa física “esquisita” pode ajudar você a ter sucesso ! Isso mesmo, sucesso…. a física ajudando a realizar sonhos!

Claro que não será em um único artigo, este artigo, que desvendará os mistérios da vida, ou , se preferir, os mistérios insondáveis de Deus… Mas é um começo, um início de um percurso sem volta, caso se aprofunde nos estudos, para assim ter consciência dessa interconexão entre tudo e todos.

Quando se fala em tudo e todos incluímos não somente o nosso corpo, e objetos que existem, como também pensamentos e emoções.

Isso é de fácil entendimento se você sabe como é feita a matéria. Se “mergulhar” no corpo de qualquer ser vivo ou de qualquer objeto existente , inevitavelmente, chegará a um átomo. Se romper as órbitas dos elétrons verá que existem partículas menores que o próprio átomo, além dos elétrons, como prótons e nêutrons e se for mais adiante, descobrirá os quarks, supercordas e , depois dessa longa viagem, estará no “Campo”.

Com estudos mais avançados, perceberá que a matéria é energia condensada. Matéria e energia subsistem numa dualidade que a ciência quântica nomeia de partícula — onda, traduzida no que chama de princípio da complementaridade.

O experimento da dupla fenda, feito há aproximadamente 200 anos, explica essa dualidade ou complementaridade, e comprova uma das esquisitices quânticas. Não o descreverei aqui. A leitura ficaria muito extensa e , talvez, cansativa, mas se conseguiu entender o significado do conceito matéria-energia, partícula — onda, é sinal que está avançando no entendimento.

Dentro dessa ideia, quando você pensa algo, o que pensou existe, só que no campo ideal, ainda não existe no campo material. Então, se pensa em um carro, esse carro já existe, só que no campo ideal. Será preciso a concretização, a passagem desse carro para o campo material. É mais ou menos como falam por aí, pensar para criar a sua realidade, pensou , criou.

Quando se fala que tudo o que pensamos é concretizado, é um fato. Mas essa concretização depende de um caminho a seguir, com atitudes para que chegue no lugar certo, onde deseja.

Não é mágica: pensou, criou, na hora! Trabalho, disciplina, conhecimento e acima de tudo sentimento, são ferramentas essenciais.

Sentimento também é energia e com eles estamos bem ou mal, estamos sintonizados no leve ou no pesado. Assim torna-se fácil entender que a sua sintonia dita o caminho que precisa seguir para alcançar o almejado.

Observe onde chegamos: saímos de uma teoria científica, com base em um experimento ( da dupla fenda) , teorizamos sobre a existência dual (partícula- onda), e chegamos nos sentimentos.

Mas o que tem a ver átomos, partículas, experiências científicas, com emoção e sentimento?

Em toda a minha vida eu sempre soube de cientistas que vão para as universidades, para os seus laboratórios , pesquisarem sobre as suas descobertas/inventos, empresários para a sua empresa, advogados e médicos para os seus consultórios e escritórios e também sempre soube que as pessoas, de um modo geral, quando estão deprimidas, tristes, com problemas emocionais vão a igrejas, para buscarem um conforto para a alma.

Situações de trabalho, de ter, para um lado, e situações da alma, de ser, para um outro lado.

A sociedade, nos últimos séculos, tem andado para esse lado de separatividade.

O ser humano tem colocado os problemas sócio econômicos de hoje em fórmulas e teorias matemáticas, e depositado a sua confiança em pastores e padres, na solução de seus problemas físicos , sentimentais e de cura. Mas na verdade é tudo uma coisa só. E aquele simples experimento (da dupla fenda) que deu origem ao princípio da complementaridade, e desencadeou uma série de outros princípios e ensinamentos da física quântica, mostra que tudo é união, um conjunto que anda em sintonia, em sincronicidade.


Originally published at sintoniaquantica.com.br on October 13, 2015.