Aplicações da tecnologia no mercado de seguros

Appólice

As novidades da tecnologia têm trazido muitas possibilidades para diversos nichos, inclusive para o de seguros. E com essas novidades surgem várias aplicações para o mercado que, além de reinventar a forma como o setor lida com determinadas tarefas, mostram que ele tem muito a ser explorado quando o assunto é a utilização dos mais novos acessórios e aparelhos.

Atualmente, deixar de investir em tecnologia pode ser uma desvantagem, visto que as pessoas estão cada vez mais habituadas com a sua praticidade. No mercado de seguros é preciso sempre oferecer novidades para facilitar a vida dos clientes e criar uma relação de proximidade, atendendo as suas principais necessidades.

As tecnologias no mercado de seguros

Atualmente a tecnologia tem se voltado para uma tendência móvel. As pessoas estão habituadas a ter os seus aparelhos a qualquer hora e em qualquer lugar. Um grande exemplo disso são os wearables que tem se tornado tão populares quanto os próprios smartphones.

Como o próprio nome já diz, os wearables são acessórios que o usuário pode “vestir”. Um exemplo bastante conhecido é o smartwatch, que é um relógio com várias funcionalidades semelhante a um mini smartphone. Muitos deles até se conectam e trabalham em conjunto com algum smartphone exibindo notificações ou compartilhando informações.

Os wearables tem a capacidade de coletar dados sobre hábitos dos usuários, tanto que eles são muito utilizados por praticantes de esportes para controlar o seu desempenho. Diante disso, uma ideia interessante é oferecer aos clientes um incentivo em troca de compartilhamento de dados dos wearables.

Apesar de ser muito associada ao entretenimento, a realidade virtual também oferece várias aplicações para o mundo dos negócios e pode ser relevante até mesmo para o mercado de seguros. Muitas empresas utilizam realidade virtual para fazer demonstrações de produtos, por exemplo. Mas como ela poderia ser aplicada no ramo de seguros?

Um bom exemplo é o caso da empresa de seguros americana Travelers Insurance. Em uma parceria com a AppliedVR, ela desenvolveu um programa para fazer treinamentos de segurança, auxiliando assim na redução de acidentes nas empresas dos seus segurados. Ela também pode ser muito útil na avaliação de riscos ou até mesmo testes de condução simulados. Dessa forma a seguradora consegue reduzir custos e economizar tempo.

E um tipo de tecnologia que tem crescido muito nos últimos anos, já sendo bastante popular, é a criação de soluções voltadas para dispositivos móveis. Os dispositivos móveis estão cada vez mais presentes em vários aspectos do dia a dia das pessoas, pois vivemos em um tempo em que a agilidade e a segurança são aspectos muito valorizados. As pessoas estão cada vez mais dispostas a adotar soluções que oferecem esses aspectos.

Por isso, além do uso de tecnologias como a realidade virtual e os wearables, as seguradoras também podem utilizar soluções voltadas para web como chatbots ou plataformas móveis para oferecer mais praticidade para os seus clientes. Segundo pesquisas, o aumento do uso de smartphones tem aumentado muito no Brasil, e isso é algo que está ocorrendo em todo o mundo.

Então é normal que as pessoas passem a utilizar mais o seu smartphone para realizar várias atividades, incluindo navegar na internet. Diante disso, empresas do mercado de seguros já investem em plataformas móveis como uma forma de oferecer um atendimento diferenciado aos seus clientes. Existem várias aplicações voltadas para seguradoras que facilitam as coisas não só para os clientes, mas também para as empresas.

Foi pensando nisso que foi desenvolvido o Appólice, um aplicativo móvel voltado para corretores e seus clientes, agilizando as suas tarefas e agregando muito mais valor á elas.