Às vezes eu sinto que tem alguma coisa aqui dentro, sabe? Mas eu não sei como colocar pra fora. Não sei se é um livro pra ser escrito, uma música pra ser cantada ou tocada, um quadro pra ser pintado… Mas eu sei que tem alguma coisa. Fico procurando por pistas do que possa ser, de que eu realmente vá conseguir tirar isso de mim um dia, que eu tenha capacidade. Fico vendo pessoas como Elis Regina, Freddie Mercury, Renato Russo, Rita Lee e tantas outras forças tão latentes que explodiram por aí. Queria eu ser assim também, tão decidida e tão aplicada em ser eu mesma.

Like what you read? Give Marina Arêas a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.