Tocando em frente
Daniela Miranda
51

Muito amor pelo teu texto, Dani. É daquelas coisas que a gente passa, sente e não enxerga que os outros passam também e que todo mundo supera. Obrigada por colocar em palavras sentimentos tão corriqueiros e tão indizíveis — por não saber reconhecer ou mesmo por vergonha de admitir. :)

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Ariane Feijo’s story.