Cora Coralina, a primeira biblioteca feminista de São Paulo

Foto: Autoria própria

Localizada em Guaianases, zona leste de São Paulo, a Biblioteca Cora Coralina, que teve a inauguração de sua primeira sala temática em julho de 2015, conta com pouco mais de mil obras voltadas para o feminismo. Perfeita para quem não quer se locomover ao eixo cultural no centro de SP, a biblioteca é uma ótima pedida para quem mora na nossa amada Zona Leste.
Entre as autoras disponíveis neste acervo, estão Simone de Beauvoir e Betty Friedan. O espaço foi inspirado na biblioteca de Paris e, assim como na biblioteca francesa, a maioria das obras acessíveis foram doadas pelas próprias feministas.
A biblioteca Cora Coralina não abriga somente livros. Exibições de filmes e peças temáticas, saraus e exposições de artistas plásticas também compõem o espaço, além de diversos cursos e workshops. E, além disso, o objetivo é conseguir aumentar cada vez mais o tamanho do acervo que também conta com áudio livros e obras em braile.

Serviço:
Endereço: Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113, Guaianases –SP (próxima a estação Guaianases da CPTM)
Horário de funcionamento: 2º a 6º das 9h às 18h, aos sábados das 9h às 16h e aos domingos das 10h às 14h
Obs.: Para empréstimos de livros é necessário um cadastro. É só levar um documento com foto e um comprovante de residência atual.

Veja a matéria completa em:

https://www.sobrevivaemsaopaulo.com.br/2017/04/08/cora-coralina-biblioteca-feminismo-de-sp/

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.